Vida e Saúde

Você cai nos mitos sobre o uso do sutiã?

Atualizado em: 08/09/2012

woman in sexy lingerie

"Tira esse sutiã para dormir, menina, faz mal!" Esse e outros discursos são repetidos durante a adolescência de muitas mulheres – e outras devem ouvi-lo até mesmo na vida adulta. Mas será que isso é verdade? Segundo o mastologista Rodrigo Christo, coordenador do serviço de mastologia do Hospital Vera Cruz, em Minas Gerais, existem muitas crenças e ditados acerca do sutiã que são passados de geração para geração. "O mais importante é que a mulher se sinta confortável e evite transtornos", afirma. Faça o quiz e tire dúvidas sobre a peça:

Sutiãs com bojo podem provocar câncer de mama?

A polêmica começou depois do lançamento do livro "Vestida para matar: a ligação entre câncer de mama e sutiãs", escrito pelo pesquisador americano Sydney Ross Singer e sua mulher, Soma Grismaijer, no qual o casal defende que os sutiãs podem causar câncer de mama porque comprimem os seios, provocando acúmulo de líquidos e causando amolecimento dos tecidos. Os especialistas, entretanto, dizem que esses argumentos não sustentam a afirmação e que não há qualquer outro estudo que comprove a relação entre um fato e outro. "Tudo o que sabemos é que o câncer de mama é uma doença de origem genética e que pode ser agravada por outros fatores, como alimentação rica em produtos industrializados e sedentarismo", afirma a mastologista Josenice de Araújo, do Hospital Anchieta, em São Paulo.

É recomendado usar o sutiã para dormir?

Mulheres que usam sutiãs para dormir não sofrem prejuízos, desde que a peça não seja muito apertada ou desconfortável a ponto de interferir no sono. "Não há indicação nem contraindicação do ponto de vista médico", diz o mastologista Rodrigo Christo. "O conforto de cada mulher é o que define."

Faz mal usar sutiã todos os dias?

Não existe maneira ideal de se usar o sutiã, vai de acordo com o estilo de cada mulher e com a adaptação de cada uma aos diversos tipos de roupa íntima. "Tanto faz o estilo de sutiã que a mulher vai usar, porque o mais importante é o conforto pessoal", afirma Rodrigo Christo.

De quanto em quanto tempo é necessário comprar sutiãs novos?

A mastologista Josenice recomenda que a troca seja feita de seis em seis meses, pois é quando o sutiã começa a folgar e ficar inadequado para o uso. "No entanto, não existe uma regra definida, podendo a mulher trocar a peça antes ou depois se o desgaste demorar mais ou menos para acontecer", explica.

Sutiã apertado pode atrapalhar o crescimento dos seios?

"O desenvolvimento e tamanho das mamas está relacionado à genética das pacientes", declara o mastologista Rodrigo. O uso de sutiãs apertados, portanto, não irá interferir no crescimento dos seios, independentemente de eles estarem em fase de desenvolvimento (adolescência) ou não.

Sutiãs de tecido sintético podem irritar a pele?

De acordo com Rodrigo Christo, o ideal é optar por peças confeccionadas em algodão. "Tecidos sintéticos impedem que a transpiração ocorra, e em alguns casos pode causar irritações e coceiras na pele", afirma, recomendando a visita a um mastologista caso esses sintomas ocorram.

Mulheres que estão amamentando podem usar sutiã sem problemas?

O uso do sutiã promove um maior conforto das mamas, que ficam com mais volume durante a amamentação. "A peça também dá suporte às mamas de mulheres que estão com leite empedrado devido ao maior volume dos seios", afirma a mastologista Josenice. As mães que estão amamentando, inclusive, podem optar por dormir com o sutiã se o peso das mamas estiver incomodando.

Usar sutiã ajuda a manter os seios firmes?

Como o efeito da gravidade favorece a queda das mamas, mulheres com seios muito grandes podem se beneficiar da sustentação fornecida pelo uso do sutiã. O mastologista Rodrigo, entretanto, afirma que o uso do sutiã não será determinante para que os seios fiquem 100% firmes. "Muitos fatores ajudam e são decisivos, tais como idade, amamentação, obesidade e qualidade dos tecidos mamários", diz o médico.

Sutiãs com bojo podem provocar câncer de mama?

A polêmica começou depois do lançamento do livro "Vestida para matar: a ligação entre câncer de mama e sutiãs", escrito pelo pesquisador americano Sydney Ross Singer e sua mulher, Soma Grismaijer, no qual o casal defende que os sutiãs podem causar câncer de mama porque comprimem os seios, provocando acúmulo de líquidos e causando amolecimento dos tecidos. Os especialistas, entretanto, dizem que esses argumentos não sustentam a afirmação e que não há qualquer outro estudo que comprove a relação entre um fato e outro. "Tudo o que sabemos é que o câncer de mama é uma doença de origem genética e que pode ser agravada por outros fatores, como alimentação rica em produtos industrializados e sedentarismo", afirma a mastologista Josenice de Araújo, do Hospital Anchieta, em São Paulo.

Minha Vida

Vida e Saúde