Vida e Saúde

Unhas de gel: existe o risco de câncer de pele?

Atualizado em: 15/03/2013

unhasgel-2013

Manter as unhas pintadas por 15 dias ou mais é o sonho de qualquer mulher. Por isso, as unhas de gel, assim que foram lançadas em 2012, entraram para a lista das grandes invenções da indústria da beleza. Mas como nem tudo o que reluz é ouro, logo começaram as especulações sobre o risco de se contrair câncer de pele devido à emissão de raios UV durante o processo de esmaltação.

Mas foi na última quinta (07.03), depois de muita pesquisa, que a Fundação de Câncer de Pele norte-americana pôs fim aos rumores. De acordo com Elizabeth K. Hale, vice-presidente da Fundação, o risco realmente existe: "Apesar de pequeno, ele não é insignificante".

"De acordo com o estudo, existe a possibilidade de ser diagnosticado o carcinoma espinocelular, o segundo tipo câncer de pele mais comum. Ele é causado principalmente pela exposição crônica aos raios ultravioletas e costuma surgir na região das mãos e ao redor das unhas", completou. Diante dessa avaliação, a recomendação é que, antes de submeter as unhas a essa técnica, seja aplicado nas mãos um protetor solar com FPS 15, no mínino. Aliás, o ideal é que o uso do filtro faça parte da rotina de beleza diária, já que diariamente os raios UV entram em contato com as mãos. Fique ligada!

M de Mulher

Vida e Saúde