Vida e Saúde

Testosterona pode influenciar honestidade

Atualizado em: 15/10/2012

homem

 Pesquisa feita na Alemanha sugere que a testosterona pode influenciar os homens a agir de forma mais honesta.

O teste foi feito com 91 homens. Em todos eles foi aplicado gel sobre a pele. Mas para 46 deles, havia testosterona no preparado, enquanto para os 45 restantes, tratava-se de apenas de placebo. No dia seguinte, foi verificado que naqueles que tiveram aplicado o gel com testosterona, o nível do hormônio no sangue havia aumentado.

Então, todos os 91 homens foram colocados em cabines onde participaram, individualmente, de um jogo de dados valendo dinheiro. Eles precisavam jogar os dados e inserir a pontuação num computador, já sabendo que, quanto mais pontos fizessem, mais dinheiro ganhariam. Como estavam sozinhos na cabine, eles ficaram à vontade para mentir seus pontos. No entanto, os pesquisadores já sabiam que, estatisticamente, os resultados deveriam ser medianos. Uma média de números altos indicaria que alguns dos participantes estavam “inflacionando” seus resultados.

E foi justamente o que aconteceu com os homens que não usaram o gel com testosterona: eles declararam números mais altos nos dados, num índice que, segundo os autores, aponta claramente que mentiram para ganhar mais dinheiro.

De acordo com o professor de economia Armin Falk, da Universidade de Bonn, que liderou o estudo, um fator que pode ter influenciado é que a testosterona tenha elevado o orgulho e a necessidade de ter uma boa auto-imagem nos homens, inibindo que mentissem. A pesquisa foi publicada na última semana na revista online “PLoS ONE”.

Bem Estar

Vida e Saúde