Vida e Saúde

Sedentarismo após os 20 aumenta o risco do diabetes

Atualizado em: 15/12/2012

obese-and-brain-power1

 Pesquisadores de Northwestern Univesrity, de Chicago, nos EUA, chegaram a conclusão que indivíduos que não se exercitam na fase adulta, correm sério risco de contrair o diabetes.

Os cientistas analisaram 3.989 pessoas e chegaram a conclusão que as pessoas que não se exercitavam a partir dos 20 anos, ou seja, quando já entravam para a fase adulta, o surgimento da doença era maior.

O caso da doença era menor nas mulheres na faixa dos 40 anos do que nos homens. Os indivíduos se submeteram a três testes ergométricos e foram acompanhados durante 20 anos.

Eles tiveram a sua aptidão física analisada em vários momentos de sua vida. Para os cientistas, a explicação está no IMC (índice de massa corporal).

Os indivíduos sedentários, com baixa aptidão física, apresentavam esse índice maior. Por causa disso, eles tinham uma pior sensibilidade à ação do hormônio insulina, que permite a entrada do açúcar para dentro das células.

Estadão

Vida e Saúde