Saiba as causas e os tratamentos para pele oleosa

Documentário “O Renascimento do Parto” estreia em João Pessoa
21 de agosto de 2013
Mulheres usam apenas um quarto dos sapatos que compram
21 de agosto de 2013

Saiba as causas e os tratamentos para pele oleosa

Ninguém merece o aspecto gorduroso e nada agradável que a pele oleosa imprime principalmente na fronte e no nariz. Se não bastasse, os poros ficam dilatados, permitindo o aparecimento de cravos e espinhas. “Para amenizar o problema, manter uma boa higiene é fundamental. Além disso, existem no mercado produtos secativos de ótima qualidade”, diz a esteticista Juliana Meckelburg, do HBD Spa (RJ).

Características: pele brilhante, sempre gordurosa, acompanhada muitas vezes de poros dilatados, cravos e espinhas. Em casos extremos, pode haver áreas de vermelhidão e descamação, ou seja, dermatite seborreica com aspecto ressecado.

Causas: ocorre pela constituição genética ou por desequilíbrios hormonais ocasionais.

Tratamentos: os produtos e ativos mais importantes são sabonetes e adstringentes com enxofre, sulfacetamida, piroctone olamina, zinco, ácido glicólico e procedimentos à base de AHA (alfa-hidroxiácidos) que são indicados por serem renovadores celulares. Os peelings suaves de ácidos retinoico e glicólico mantêm o equilíbrio da tez, enquanto que a limpeza de pele é útil para retirar os cravos. Em casa, os sabonetes e adstringentes são indispensáveis; já os seruns e géis levíssimos com vitamina C e ácidos de frutas e glicólico são efetivos.

Corpo a Corpo

Dani Rabelo
Jornalista do WSCOM Online, sócia e editora-chefe do Portal Mulher de Fato, cantora nas horas vagas, tagarela, observadora, carioca da gema e pessoense de coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *