Vida e Saúde

Previna o envelhecimento da pele com os exercícios

Atualizado em: 18/05/2015

rosto4

“A ginástica facial é para o rosto o que a musculação representa para o corpo, atuando tanto na prevenção como na conquista de uma pele sem flacidez nem marcas de expressão”, afirma a dermatologista Shirlei Borelli, no livro Até 120 Anos — Rejuvenescimento e Cosmiatria (Ed. Senac São Paulo). Segundo a médica, apesar da alta tecnologia existente atualmente, essa técnica natural continua sendo uma das mais eficientes para a prevenção de rugas e linhas de expressão.

Uma das grandes especialistas no tema, Bartira Bravo, terapeuta facial da Clínica Denise Steiner (SP), criou um programa que pode ser adotado como uma forma de prevenir a flacidez facial ou para rejuvenescer a face que já apresenta sinais de envelhecimento. “O objetivo é desenvolver o máximo possível a tonicidade dos músculos do rosto, pescoço e colo. A técnica promove a reeducação das posturas faciais e corrige vícios de expressão”, conta.

Segundo ela, os resultados são visíveis após um mês.

Pele rejuvenescida em 10 minutos

Bartira Bravo ensina seis movimentos eficientes para quem deseja manter-se jovem por mais tempo. “É fundamental estar com a pele hidratada para intensificar os exercícios”, recomenda a terapeuta facial. Confira!

1 – Com a boca fechada, dentes superiores delicadamente encostados nos inferiores, encoste a ponta da língua no céu da boca. Apoie as mãos fechadas em punho na parte inferior do queixo. Tente abrir a boca, sem forçar, fazendo com que as mãos impeçam a abertura.Conte até 30 e solte.

2 – Levante as sobrancelhas com os olhos fechados e conte até dez. Volte à posição normal, contando até seis.

3 – Aperte os olhos e segure, contando até dez. Retorne, contando até seis.

4 – Com a boca semiaberta, dê um sorriso. Faça que o lábio inferior cubra os dentes. Conte até dez. Volte devagar e conte até seis.

5 – Dê um sorriso largo, forçando bem a contração labial para os lados. Segure o movimento e conte até dez. Volte devagar e conte até seis.

6 – Dentes superiores quase encostados nos inferiores, lábios levemente encostados. Posicione a mão direita na parte superior do queixo, de modo que ele fique encaixado no vão entre os dedos polegar e indicador. Com a mão esquerda, segure o pulso direito. Fazendo a menor força possível, tente abrir a boca, empurrando as mãos sobre o queixo para baixo. A mandíbula não deve mexer e os dentes superiores devem continuar em contato com os inferiores. Permaneça na posição contando até 30.

Corpo a Corpo

Vida e Saúde