Vida e Saúde

Por que estar gorda pode ACABAR com seu sonho de SER MÃE? Entenda

Atualizado em: 18/06/2015

gravidez-obesidade

Além dos distúrbios femininos e masculinos já conhecidos, como a endometriose e as alterações qualitativas de sêmen, o sobrepeso também pode refletir negativamente sobre a fertilidade.

Segundo o ginecologista Marcelo Valle, especialista em reprodução humana e diretor da Clínica Origen, Rio de Janeiro, 80% dos casais que não conseguem engravidar têm as causas do problema definidas – alterações qualitativas do sêmen, alterações nas trompas, distúrbio ovulatórios ou no processo de ovulação e endometriose estão entre as mais comuns.

Para os outros 20%, a razão efetiva não é apontada. Esses casos são classificados como esterilidade sem causa aparente.

Não consigo engravidar: sobrepeso

A dificuldade para engravidar, no entanto, não tem suas causas relacionadas apenas às disfunções do sistema reprodutor masculino ou feminino. “O excesso de peso está diretamente associado a menor chance de concepção”, comenta o médico.

Além da alteração da fertilidade, a característica ainda implica em maiores riscos de complicações obstétricas, como pressão alta e diabetes gestacional.

Ainda segundo o ginecologista, embora a interação peso e fertilidade ainda não esteja muito bem definida, os estudos observacionais apontam para uma interferência negativa. “Sabemos que a normalização do peso da mulher contribui para o aumento da sua fertilidade, impactando principalmente no processo ovulatório”, conta.

Para reverter o problema, o médico afirma que nenhum tratamento é melhor do que a melhora da qualidade de vida. “Fazer exercícios regularmente e ter uma dieta balanceada e saudável é a melhor alternativa para esses casos”, reforça.

Mulher magra demais pode engravidar?

O quadro contrário também pode afetar a fertilidade feminina. Segundo Marcelo, distúrbios na ovulação também podem ser causados pelo baixo índice de massa corpórea.

A saída, nesses casos, é descobrir qual é a origem do baixo ganho de massa muscular e, então, definir uma dieta saudável e mais calórica e diminuir a intensidade das atividades físicas.

Tratamento para a infertilidade

“Quando uma mulher não consegue engravidar, ela deve procurar um especialista. Nós vamos analisar o caso e não necessariamente optar por um único tratamento”, diz. Além dos tratamentos medicamentosos ou terapias auxiliares, o casal ainda pode receber a recomendação de mudar alguns hábitos de vida que envolvem a alimentação e a prática de atividades físicas.

Fonte: Da Redação com Bolsa de Mulher

Vida e Saúde