Pesquisadora desenvolve macarrão com subprodutos da linhaça

Nike lança modelo de sapatilha para atividades indoor
21 de dezembro de 2012
Linha de camisas brancas Carolina Herrera
22 de dezembro de 2012

Pesquisadora desenvolve macarrão com subprodutos da linhaça

 O que fazer com os restos de linhaça que sobram da extração de seu poderoso óleo? A pesquisadora Márcia Lage de Oliveira, do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), em São Paulo, resolveu preparar macarrão. A massa de linhaça triturada substitui 20% da farinha de trigo na receita.

"O novo produto tem grande quantidade de fibras solúveis e insolúveis e 20% menos calorias que o convencional", diz a pesquisadora. "Conta também com antioxidantes e uma fração de ômega-3 e ômega-6, que auxiliam na prevenção de problemas no sistema cardiovascular", acrescenta. A receita é simples e pode ser reproduzida em larga escala facilmente, segundo Márcia. "Mas ainda não tivemos tempo de pensar em como disponibilizar o produto no mercado", pondera.

Dá para fazer em casa?

Sim, desde que não haja preocupação com calorias. "A farinha de linhaça pode substituir parte da farinha branca, com benefícios nutricionais, mas o macarrão ficará mais calórico do que nossa receita", alerta Márcia. Se quiser experimentar, saiba que a versão do Ipen usa uma mistura de 8 partes de farinha branca para 2 partes de massa de linhaça e ovos para dar o ponto. Não leva água.

Saúde é Vital

Dani Rabelo
Jornalista do WSCOM Online, sócia e editora-chefe do Portal Mulher de Fato, cantora nas horas vagas, tagarela, observadora, carioca da gema e pessoense de coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *