Vida e Saúde

Parar de fumar antes dos 30 reduz risco de morte

Atualizado em: 29/10/2012

cigarro3

Um novo estudo feito pela Universidade de Oxford constatou que mulheres que param de fumar antes dos 30 anos reduzem em 97% os riscos de mortes relacionadas com o cigarro. A pesquisa foi publicada no The Lancet.

O estudo mostrou, segundo o jornal britânico The Guardian, que os impactos do cigarro são semelhantes para homens e mulheres. Como historicamente elas começaram a fumar depois que os homens, o efeito do cigarro nas mulheres ainda não era totalmente conhecido.

De acordo com Richard Peto, pesquisador responsável pelo estudo, quem para de fumar até os 40 anos ganha pelo menos 10 anos de vida. O estudo ouviu 1,3 milhão de mulheres entre 1996 e 2001, no momento em que elas passavam por um exame para avaliar câncer no peito. As mulheres tinham entre 50 e 64 anos.

Segundo a pesquisa, fumantes tinham três vezes mais chances de morrer durante os doze anos do estudo do que as não fumantes. Mesmo quem fumava um ou dois cigarros por dia apresenta mais risco de morte em função do hábito.

Uma informação importante, segundo a pesquisa, é a idade que as mulheres começam a fumar. Quando mais cedo, maior o risco. "Parar antes dos 30, no entanto, não significa que fumar até esta idade seja seguro", alerta o pesquisador.

Exame

Vida e Saúde