Os cinco melhores suplementos alimentares para emagrecer

McDonald’s vai exibir calorias em letreiros
13 de setembro de 2012
Decotes ultraprofundos dominam as passarelas
13 de setembro de 2012

Os cinco melhores suplementos alimentares para emagrecer

Perder peso é um esforço multidisciplinar. É preciso equilibrar a dieta, controlar a ansiedade, praticar exercícios físicos e escolher os suplementos alimentares corretos. De acordo com o livro “Viva em Dieta, Viva Melhor” (Editora Phorte, 187 páginas, R$52), do nutricionista esportivo Rodolfo Peres, “existem muitas opções no mercado. É preciso escolher o produto de acordo com o seu objetivo final para alcançar o resultado esperado”. A seguir, o autor explica a função dos cinco melhores suplementos alimentares para perder peso:

Whey protein

Famoso nas academias, a proteína do soro do leite, conhecida como whey protein, melhora o rendimento durante a prática de exercícios e a recuperação após a atividade. Em pó, o produto deve ser preparado apenas com água, já que o leite pode retardar a sua absorção. E não adianta tomar o produto diversas vezes ao dia. O ideal é escolher um horário preferencial e consumir em jejum, antes ou depois da prática de atividades físicas. Logo após o treino, recomenda-se ingerir o whey protein junto com um carboidrato, evitando a utilização da proteína presente no produto como fonte de energia.   

Cafeína

Presente em muitos produtos chamados de queimadores de gordura, conhecidos como fat burners, a cafeína estimula a quebra da molécula de gordura e aumenta a performance durante a prática de atividades físicas aeróbicas ou de força. A dosagem é variável e deve ser avaliada individualmente, já que algumas pessoas podem apresentar efeitos colaterais, como alterações gástricas e psicológicas. Em geral, recomenda-se o consumo de 3 a 6 mg de cafeína por quilo de peso corporal. Vale ressaltar que a suplementação com cafeína em cápsulas não deve ser usada para driblar o cansaço natural porque o estimulante pode debilitar ainda mais o corpo, provocando lesões.

CLA (ácido linoleico conjugado)

É o tipo de produto com múltiplas funções. O CLA controla os níveis de insulina no sangue, auxilia na redução da gordura abdominal, promove uma alteração positiva nas proteínas ligadas ao metabolismo das gorduras e melhora as taxas de colesterol e triglicerídeos. Como consequência, ainda há um aumento na queima de gordura e ganho discreto de massa muscular. Para completar o pacote, estudos recentes sugerem que as cápsulas com a substância possuem propriedades anticancerígenas.

L-cartinitina

O consumo antes da prática de atividades aeróbicas potencializa o uso da gordura corporal como fonte de energia, com melhora também da capacidade física durante o exercício físico. Como auxiliar na perda de peso, recomenda-se a ingestão de 1 a 3 gramas diárias de L-carnitina em cápsulas ou na forma líquida. A suplementação com a substância é especialmente interessante para os vegetarianos, que apresentam, naturalmente, taxas mais baixas desta substância no organismo.

Ômega-3

Você achou que ele era benéfico apenas para a saúde? Os ácidos graxos ômega-3 são excelentes para a melhora da performance durante atividades físicas, elevando a potência aeróbica e a força muscular. Os peixes de águas frias, como salmão, e a semente de linhaça são as melhores fontes da substância, mas ela também é encontrada em cápsulas. Para obter os benefícios, consuma entre 2 e 4 gramas de ômega-3, todos os dias.

GNT

Dani Rabelo
Jornalista do WSCOM Online, sócia e editora-chefe do Portal Mulher de Fato, cantora nas horas vagas, tagarela, observadora, carioca da gema e pessoense de coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *