Vida e Saúde

O troca-troca de esmaltes pode deixar suas garras fracas

Atualizado em: 05/02/2013

?????????????

Necessidades básicas

Muito antes de escolher a cor, fique atenta a alguns cuidados para fazer valer seu investimento:

Proteja a unha

Que tal usar luvas de borracha ao lavar a louça para evitar a umidade? Melhor ainda: aproveite para aplicar creme para as mãos. Assim, faz um mini-spa de hidratação. Passar toda hora aquele álcool desinfetante de mãos também detona sua manicure, porque desgasta o esmalte. Trate de maneirar, ok?

Tenha paciência

Mude a cor no máximo uma vez por semana. O troca-troca exagerado de esmalte pode desidratar suas unhas e até fazê-las descamar. "Tire na noite anterior à manicure e use creme nutritivo", diz Monica Aribi, dermatologista de São Paulo.

Seja gentil

Use removedores sem acetona e com óleos hidratantes. Tem mais: o certo é não tirar a cutícula: ela protege unha e matriz de bactérias. "Peça a manicure para empurrar a cutícula com muita delicadeza para não lesar a matriz da unha", diz Monica. É melhor polir apenas o excesso.

Hidrate

Unhas e cutículas precisam de hidratação. Procure produtos específicos e deixe na bolsa, na gaveta do escritório… "Prefira fórmulas que tenham ureia e ácido salicílico. Opte por bases fortalecedoras", diz Thais Pepe, dermatologista de São Paulo.

Lixe certo

Nada de mover a lixa para a frente e para trás. Isso pode enfraquecer suas unhas e torná-las quebradiças. O movimento correto é de fora para o centro. Em tempo: lixar demais os cantos também deixa suas garras mais vulneráveis, aumentando o risco de lascar.

Sua unha, sua vida

Para começo de conversa, vale lembrar que a saúde das unhas depende muito da do restante do corpo. A primeira providência é ter uma dieta equilibrada e rica em proteínas. Se precisar de uma força extra, escolha nutricosméticos à base de proteínas de peixe. "Procure também por ácido fólico, ferro e zinco", afirma Thais. Alterações podem ser sinal de problemas na tireoide e até pulmonares. Sofre com manchas? Nem todas são micose. Algumas mostram falha na formação da unha na matriz. "Nesse caso, lance mão de fórmulas manipuladas à base de ureia e betametasona", indica Monica. E use a técnica da luva ou até uma meia para turbinar a penetração dos ativos. Se for micose mesmo, a última novidade é combatê-la com laser Genesis ou Spectra. Na dúvida, procure sua dermatologista.

Dedo-durar

Para unhas perfeitas até a próxima manicure:

· Para aumentar a aderência da base, passe um algodão com um pouco de álcool sobre as unhas – assim tira vestígios de oleosidade deixados pelo removedor sem acetona.

· Prefira creme ou algodão embebido em água para amolecer a cutícula – em vez de mergulhar a mão na água morna. A unha absorve o líquido e muda ligeiramente de formato. Mais tarde, quando a água evapora, ela volta ao normal. Mas o movimento pode causar lasquinhas no esmalte aplicado.

· Extrabrilho é extrabrilho. Base é base. Comprar um produto com função dupla para economizar pode sair pela culatra. Isso porque cada um tem um objetivo. A base funciona como uma fita dupla face que adere à unha de um lado e à camada colorida de outro. O top coat tem afinidade apenas com o esmalte. E, por ter densidade mais alta, o protege de agressões externas. Por isso, aplique em seguida da manicure feita e repita quatro horas mais tarde. E, mais uma vez, três ou quatro dias depois.

· Se a cor lascar, disfarce. Como? Pincele removedor para amolecer a superfície e passe o dedo em cima da área, borrando (de leve) o esmalte. Aplique top coat na unha toda. Voilà.

· Ir para a praia e para a piscina é uma delícia… mas detona o acabamento da manicure. Isso acontece porque areia e água salgada ou clorada tiram a camada mais superficial do esmalte, que garante o brilho de mãos recém-feitas. Para blindar as suas, invista nos esmaltes de gel. O look fica perfeito por 15 dias!

Dieta para a ponta dos dedos

Manchinhas brancas podem ser sinal de deficiência de cálcio, proteína ou zinco. Saliências indicam falta de B12. "Manter a saúde do intestino é crucial. Nele começa a absorção de nutrientes, prejudicada pelo stress e pela ingestão de conservantes e agrotóxicos", diz a nutricionista funcional carioca Andrea Santa Rosa. Você precisa de:

Proteínas
A queratina – principal componente das unhas – é composta de aminoácidos, encontrados no iogurte, na carne de boi e no ovo.

Vitaminas do complexo B
Elas são vitais para o crescimento celular. "Sua carência provoca listras nas unhas!", diz a nutricionista Elaine de Pádua, de São Paulo. Não deixe faltar espinafre e nozes.

Vitamina A
Auxilia no crescimento das garras. Fontes: frutas e vegetais amarelos, verde-escuros e laranja, como abóbora, cenoura, couve e manga.

Cálcio
"Sua falta pode tornar as unhas secas e quebradiças", afirma Elaine. Procure por batata-doce, semente de melão, gergelim e laticínios. E consuma pelo menos três porções diárias.

Ferro
Anemia deixa as unhas fracas. Coma mais ostras. Carnes magras de boi e de frango, soja e feijão também. "Não se esqueça de inserir cítricos como laranja, tomate e limão para melhorar a absorção do ferro das fontes vegetais", diz Andrea. E pimentão amarelo, mamão e morango.

Zinco
Sua deficiência gera manchas brancas e linhas. Frutos do mar e grãos integrais repõem o nutriente.

Silício
Estimula a produção das fibras de colágeno. Consuma aveia e chá de cavalinha.

Colágeno
Opte por sachês sem adição de dulcorantes e corantes. Vale também ágar-ágar.

Nova

Vida e Saúde