Vida e Saúde

Nova política do Facebook permite fotos de mulheres após retirada dos seios

Atualizado em: 16/06/2013

seios

Depois de a atriz americana Angelina Jolie passar por uma mastectomia preventiva, o assunto caiu na internet e influenciou inúmeras mulheres a mostrar seus dilemas. Desta forma, o  Facebook  atribuiu uma nova política na rede social, permitindo que as mulheres publiquem suas fotos após a retirada dos seios. A petição online feita por uma paciente com câncer de mama recebeu mais de 21 mil assinaturas em algumas semanas. Isso fez com que a rede social analisasse novamente suas diretrizes.

A usuária Scorchy Barrignton, diagnosticada com câncer de mama, criou este requerimento depois que o Facebook removeu fotos profissionais de jovens submetidas a mastectomia (retirada dos seios), na página do projeto SCAR.

Depois de receber inúmeras críticas, a rede social permitiu a publicação das fotos desde que a imagem não retratasse a mulher com os seios totalmente expostos.

— Nós concordamos que passar por uma mastectomia é uma experiência na vida e que compartilhar a imagem pode ajudar a aumentar a conscientização sobre o câncer de mama. A maioria das fotos é compatível com as nossas políticas.

Teoricamente, o Facebook sempre permitiu a publicação desse tipo de imagem. No entanto, Scorchy, em seu blog, disse que a política “era vaga e mal definida”, pois fornecia pouca orientação aos responsáveis pela remoção de fotos ofensivas.

De acordo com a equipe de comunicação da rede social, talvez a remoção “tenha acontecido devido a uma violação dos nossos termos por outras razões”.

R7

Vida e Saúde