Vida e Saúde

Mutirão de médicos realiza cirurgias de recomposição de mama na Paraíba

Atualizado em: 08/03/2014

laureano

Cirurgiões de vários estados do Brasil participam neste sábado (8), a partir das 7h, das ações do Dia da Boa Vontade no Hospital Napoleão Laureano, em Jaguaribe, João Pessoa. A ação vai garantir cirurgias de reconstituição de mama de 14 mulheres que estavam em acompanhamento há quatro meses e é um alerta sobre a necessidade de prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.
A estimativa do Instituto Nacional do Câncer é de 750 novos casos serão diagnosticados na Paraíba somente em 2014. E como consequência do diagnóstico, a cada semana, duas cirurgias desse tipo são realizadas na capital.
O médico e diretor geral do Hospital Napoleão Laureano, Péricles Vilhena, reforçou que a expectativa é a de fazer um acolhimento dessas pacientes de forma mais aprimorada, levando em consideração a estrutura diferenciada formada por psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros.
“Além da visibilidade social, nós estamos fazendo uma clínica de como acolher melhor já que estamos preparando essas mulheres para a cirurgia há quatro meses e iremos fazer com o apoio de cirurgiões respeitados de vários estados brasileiros que estão vindo de forma voluntária”, disse.
Intitulada ‘Dia da Boa Vontade’, a ação faz alusão ao Dia Internacional da Mulher, celebrado neste 8 de março. A iniciativa do Hospital Napoleão Laureano tem o apoio da Rede Feminina de Combate ao Câncer e o público prioritário desta ação são mulheres com amastia secundária por câncer de mama. Para realizar as cirurgias será utilizada toda a estrutura do Hospital Napoleão Laureano, a exemplo do ambulatório, centro cirúrgico, enfermarias e os materiais especiais.
O corpo técnico que atuará durante o ‘mutirão’ é composto por doze profissionais. A equipe cirúrgica será formada por cirurgião principal, primeiro auxiliar, segundo auxiliar e instrumentador, sendo este último do próprio Hospital Napoleão Laureano. As cirurgias seguem por todo o dia deste sábado.
Fonte:G1

Vida e Saúde