Vida e Saúde

Mulheres são alvo da campanha de doação de sangue no Hospital de Trauma

Atualizado em: 05/03/2012

O Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena realizará, nesta terça-feira (6), em parceria com o Hemocentro da Paraíba, mais uma ação da Campanha Permanente de Doação de Sangue. Em alusão ao 8 de Março, as mulheres serão o público alvo da ação, tendo em vista a baixa participação delas nas doações.

De acordo com a coordenadora de Ações Estratégicas do Hemocentro da Paraíba, Divani Cabral, no ano passado, a adesão feminina nas campanhas realizadas pelo órgão foi considerada pequena. Dos 27 mil doadores, apenas seis mil foram mulheres, o que equivale a 22,22% de adesão. “Acredito que ainda se devem quebrar muitos mitos sobre a doação de sangue feminina. A mulher só fica impossibilitada momentaneamente de doar sangue quando estiver  grávida ou amamentando. Até nos períodos da menstruação elas estão habilitadas a doar ,” ressaltou a coordenadora.

A secretária do hospital, Izabella Figueiredo, acredita que campanhas educativas a respeito do assunto trazem benefícios na hora da doação. “Esta é a primeira vez que doarei sangue. Sempre tive vontade de ser uma doadora, mas tinha muitas dúvidas, por isso acho as campanhas importantes, pois, além de coletar sangue, esclarecem dúvidas sobre a importância da doação”, disse.

Os doadores deverão comparecer à sede do Hospital de Emergência e Trauma, em João Pessoa, munidos de documentos originais com foto. Lá, uma unidade móvel estará disponível para o atendimento no período das 9h às 16h.

Somente poderão doar sangue pessoas com idade entre 18 e 65 anos, que estejam em boas condições de saúde, tenham peso mínimo de 50 quilos e que não tenham ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas ou adquirido hepatite após os 11 anos de idade.

Secom

Vida e Saúde