Vida e Saúde

Moda de aparelhos coloridos trazem riscos à saúde bucal

Atualizado em: 29/04/2014

aparelhos

Conhecidos como “diferenciados”, os aparelhos dentários falsos podem ser encontrados em camelôs e até nas redes sociais. Com elásticos coloridos e trançados, estes aparelhos, que viraram moda recentemente entre os jovens, principalmente nas periferias de grandes cidades, podem causar danos irreversíveis como a perda dos dentes, segundo especialistas. Na Paraíba a situação não é diferente, e estes materiais irregulares são adquiridos sem orientação profissional e fixados nos dentes de maneira inadequada.

A especialista em ortodontia do Atelier do Sorriso São Rafael, Ludmila Bertato, explica que além de perdas ósseas e dentárias, as trocas frequentes de elásticos significam aplicação de força constante nos dentes, o que pode ocasionar sequelas como prejuízos na mastigação, na fonética e também na estética. “Além disso, os fios ortodônticos de má qualidade podem oxidar na boca desses pacientes, e os elásticos liberarem substâncias tóxicas, podendo causar irritação e sangramento gengival. A longo prazo, por efeito cumulativo, podem até causar alterações sistêmicas que podem provocar doenças”, completou.

Ainda de acordo com a especialista, o aparelho dentário convencional é feito em aço inoxidável e normalmente apresenta boa compatibilidade e resistência. Segundo ela, o aparelho comum é fixado nos dentes por meio dos brackets com substâncias adesivas adequadas, e a qualidade e origem dos produtos usados em consultório são regulamentados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Em contrapartida, não sabemos ao certo a procedência desses materiais comprados em ambulantes e via web, e se de fato são fabricados por empresas regulamentadas, com certificações ISO 9001, dentre outras”, acredita.

Como uma alternativa para os jovens que usam o aparelho dentário falso apenas por questões estéticas, a especialista sugere que eles procurem realizar uma consulta diagnóstica com um ortodontista. “Os convencionais também apresentam artifícios que o ortodontista poderá utilizar nesses pacientes como ‘borrachinhas’ coloridas, em diversos formatos de cores e desenhos e que, se usados corretamente, não afetarão sua dentição”, destacou a dentista.
Fonte:Assessoria

 

 

Vida e Saúde