Vida e Saúde

Livro mostra luta das mães com filhos deficientes

Atualizado em: 16/06/2013

aacd1

A luta diária das mães para superar ao lado os obstáculos da deficiência de seus filhos está estampada no livro Que Amor é Esse, projeto da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente). Lançado nesta quinta-feira (13), a publicação mostra registros fotográficos que retratam a relação de carinho entre eles.

De acordo com a presidente voluntária do Conselho de Administração da AACD, Regina Helena Scripilliti Velloso, a ideia da obra é mostrar que é necessário ver as pessoas com deficiência física “com outro olhar” e como as mães têm papel de destaque neste processo.

— São pessoas como nós, apenas com uma condição diferente. Nesse sentido, as mães conseguem olhar para seus filhos com o amor puro e verdadeiro, sem nenhum estigma. Assim, resolvemos fazer uma homenagem a essas grandes mulheres, determinadas, que não sabem o que é significa a palavra “impossível”.

Na maioria das vezes, são elas que carregam seus filhos nos braços para levar em cada consulta e não perdem nunca a firmeza na busca pelos tratamentos.

— Não temos dúvida de que essa força e esse amor incondicional contribuem – e muito — para o resultado das terapias.

Hoje, no Brasil, 25% da população têm alguma deficiência. E, uma das principais dificuldades destas pessoas, é a falta de acessibilidade, como falta de transporte, segundo avaliação da presidente. Apesar disso, na avaliação da presidente, nenhuma barreira é instransponíveis para as mães.

— Até mesmo à questão financeira não são barreiras para as mães, que fazem de tudo para verem o progresso nos tratamentos de seus filhos.

O livro custa R$ 30 e toda arrecadação será revertida à instituição, para ser aplicada nas terapias de reabilitação de deficientes e fortalecimento da estrutura da AACD.

R7

Vida e Saúde