Vida e Saúde

Homens que limpam a casa são mais felizes

Atualizado em: 28/09/2012

A person cleaning the Kitchen Counter with a glove

Que sucesso de pesquisa. Preste atenção, leitor. Se você divide um teto com a sua namorada, ou esposa, e costuma deixar as tarefas de lavar a louça, passar a roupa e arrumar a cama sempre para ela, é melhor mudar de atitude. Pelo seu próprio bem.

A recomendação vem de um estudo da Universidade Umeå, na Suécia, que acompanhou a vida de 723 pessoas ao longo de 26 anos. Os homens que não dividiam os afazeres domésticos com a parceira sofriam mais problemas psicológicos, como ansiedade, nervosismo, e problemas de concentração. Até sofriam com palpitações cardíacas (que é a sensação de sentir o coração parar por um segundo). Já aqueles que topavam fazer metade dos serviços eram mais tranquilos e felizes.

As mulheres também se dão mal com esse desequilíbrio na divisão das tarefas. O excesso de trabalho doméstico pode deixá-las mais vulneráveis às doenças.

Segundo a pesquisa, esses problemas só acontecem por conta dos papéis associados a cada gênero. “Muitos homens entrevistados disseram que estavam cansados de consertar o carro, por exemplo, mas se sentiam presos a essas tarefas, por conta do estereótipo masculino”, conta a pesquisadora Lisa Harryson. A saída, diz ela, é bater um papo com o parceiro e colocar um fim nessas bobeiras.

Super Interessante

Vida e Saúde