Vida e Saúde

Homens e mulheres enxergam de formas diferentes

Atualizado em: 05/09/2012

eye

É comum para um homem ficar impressionado com a capacidade que as mulheres têm de dar nomes diferentes para cores que parecem ser idênticas. Uma pesquisa feita nos Estados Unidos mostra que não se trata de ter um olho “treinado” para a moda, mas sim de uma capacidade natural que a mulher tem de distinguir as cores.

Na experiência, os pesquisadores selecionaram homens e mulheres jovens com visão considerada normal e mostraram as mesmas imagens para os dois grupos.

No teste de cores, as mulheres tiveram um desempenho superior. Os homens precisaram de comprimentos de onda um pouco maiores para ver as mesmas cores que elas. Além disso, há uma faixa na paleta de cores em que eles têm dificuldade distinguir os tons – a faixa também existe para as mulheres, mas é mais estreita.

Por outro lado, os homens conseguiram captar com mais agilidade alterações que ocorreram na posição de objetos que estavam muito próximos uns dos outros. Nos objetos mais distantes, não houve diferença significativa.

Para Israel Abramov, pesquisador da Universidade da Cidade de Nova York, nos Estados Unidos, a explicação mais provável para a diferença é a atuação do hormônio masculino testosterona no cérebro. Durante a formação do embrião, esse hormônio levaria a uma maior produção de neurônios no córtex visual, parte do cérebro que processa as imagens.

“Assim como outros sentidos, como a audição e o sistema olfativo, há claras diferenças sexuais na visão entre homens e mulheres”, explicou Abramov. “A força evolutiva que leva a essas diferenças não está tão clara”, concluiu o autor do estudo, que foi publicado pela revista científica “Biology of Sex Differences”.

G1

Vida e Saúde