Vida e Saúde

Estudo aponta que “barriga de cerveja” é um mito

Atualizado em: 18/02/2013

cerveja

Aquela velha expressão “barriga de cerveja” pode ser um grande mito, apontam os estudos da nutricionista Kathryn O’ Sullivan, que realizou uma pesquisa cientifica que mostra que a cerveja pode ser benéfica na dieta dos seres humanos. As informações são do jornal The Telegraph.

Embora a pesquisa tenha sido patrocinada por uma indústria de cervejas, os estudos concluíram que a bebida tem benefícios nutricionais semelhantes ao vinho quando consumidos com moderação e que são menos calóricas.

A nutricionista conversou com o jornal The Times e apontou que a visão que as pessoas têm da cerveja é muito injusta e que na verdade ao consumir grandes quantidades de cerveja haverá ganho de peso, mas o mesmo acontece com o vinho.

— Infelizmente, a cerveja tem essa imagem como um alto teor calórico, bebida de alto teor de gordura.

A nutricionista apurou que mais da metade dos adultos da Grã-Bretanha não sabem quantas calorias há em uma cerveja ou vinho e que pelo menos 74% das mulheres superestimaram as calorias da cerveja.

Na pesquisa da nutricionista a cerveja é apontada como uma bebida que contém vitaminas, fibras, antioxidantes e minerais como o silício, que podem ajudar a reduzir o risco de osteoporose. Por outro lado, a pesquisa não contesta as consequências do consumo excessivo de álcool como mortalidade e morbidade.

Por este motivo a nutricionista apoia que ao invés da desintoxicação é preciso criar um “consumidor consciente” para que o consumo do álcool seja moderado.

— Se for possível beber com moderação, a cerveja, como o vinho, pode fornecer muitas vitaminas e minerais essenciais e consumo moderado pode também proteger o ser humano contra diversas doenças cardíacas, osteoporose e diabetes.

O chefe do Departamento de Nutrição Humana da Universidade de Copenhague professor Arne Astrup, também já declarou anteriormente que não há nenhuma evidência cientifica concreta para apoiar a ideia da “barriga de cerveja”.

R7

Vida e Saúde