Vida e Saúde

“Efeito Angelina” aumenta procura por cirurgia para a retirada das mamas

Atualizado em: 30/09/2013

ange

Cirurgiões plásticos têm registrado um aumento do número de mulheres saudáveis querendo retirar as mamas como prevenção do câncer. Para eles, essas mulheres estão sendo motivadas pelo "efeito Angelina Jolie".

Em maio deste ano, a atriz revelou ter se submetido ao procedimento, após descobrir uma mutação genética que a torna propensa a desenvolver tumores nas mamas e nos ovários. Não há números sobre esse aumento da demanda, mas a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica afirma que seus cirurgiões afiliados têm relatado o dobro da procura que tinham antes da revelação de Angelina Jolie.

"É uma coisa assustadora, mas compreensível. A maioria dos casos não tem indicação cirúrgica. São aquelas mulheres que ouviram o galo cantar e querem cantar junto. Há muita desinformação", diz o presidente da Sociedade de Cirurgia Plástica, José Aboudib.

Montes Claros

Vida e Saúde