Vida e Saúde

Doenças respiratórias costumam piorar com o inverno

Atualizado em: 30/06/2013

tabagismo-e-doencas-3

 Dias chuvosos, como faz em São Paulo nesta quarta-feira (26), dão um alívio para a respiração nesta época do ano, que costuma ser mais seca e piorar problemas como asma, bronquite, rinite e sinusite.

A chuva também ajuda a dispersar a poluição que prejudica a qualidade do ar das cidades grandes. Segundo o patologista Paulo Saldiva e o pneumologista Roberto Stirbulov, muitas pessoas também sofrem com a poluição dentro de casa, no carro e nas ruas.

Os médicos calculam que até 30% da população brasileira tenha prejuízos à saúde causados pela poluição vinda da queima de combustíveis, principalmente portadores de doenças pulmonares e cardíacas, idosos e crianças. Por ano, são registradas 2 mil mortes no país em decorrência desse problema.

Para amenizar a situação, é importante regular o motor e o filtro de ar do automóvel, usar menos esse meio de transporte e denunciar a fumaça preta de veículos pesados. No estado de São Paulo, as denúncias podem ser feitas pelo site da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) ou pelo telefone 0800 11 35 60.

Asma e DPOC

A asma é uma doença de origem principalmente genética, em que há uma constrição permanente das vias respiratórias, fazendo com que o ar não passe.

A estimativa de prevalência de asma no Brasil gira em torno de 20%, ou 20 milhões de pessoas, com 2 mil mortes por ano.

Outra doença respiratória é o enfisema pulmonar, em que há perda da elasticidade dos alvéolos. Essa é uma das causas da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), ligada principalmente a hábitos como o tabagismo. Os alvéolos ficam cheios de ar, e ele não sai.

Também é característica da DPOC a ocorrência de hiperprodução de muco, o que bloqueia os brônquios.

A DPOC corre especialmente em adultos acima de 40 anos (15,8%) e é apontada como uma das principais causas de mortes no Brasil. Estima-se que cerca de 5 milhões de pessoas tenham a doença no país, e o número de óbitos tem aumentado nos últimos anos.

Tanto a asma quanto o DPOC são agravados pela poluição dentro e fora de casa e precisam ser tratados de forma contínua, não só nas crises.

Como combater os efeitos da poluição

– Beba bastante água
– Coma frutas e verduras, que contêm antioxidantes e vitaminas
– Escolha bem o lugar onde você vai morar. Quanto mais longe dos corredores de tráfego, melhor
– Verifique a presença de comércios e indústrias poluentes nas imediações da sua casa, como pizzarias que não filtram a fumaça
– Regule o seu fogão
– Mantenha a casa sempre limpa
– Em dias poluídos, evite piqueniques, corridas, caminhadas e atividades fora de casa, principalmente nos horário em que houver mais sol
– Lave o nariz e os olhos com soro fisiológico

Bem Estar

Vida e Saúde