Vida e Saúde

Dieta aliada à terapia ajuda a emagrecer

Atualizado em: 18/05/2015

terapia

Criada no início dos anos 90 pelo psicólogo americano Steven C. Hayes, a ACT (Dieta de Aceitação e Compromisso) é um ramo da psicologia cognitivo-comportamental que objetiva fazer o paciente entender o que o leva a atitudes destrutivas como comer guloseimas para compensar um acontecimento ruim, como também criar novos comportamentos que o ajudem a romper esse ciclo vicioso que acaba por levá-lo a obesidade e a todos os problemas que ela acarreta.

A maioria das pessoas que apresentam sobrepeso tem um comportamento ansioso e costumam comer de forma compulsiva para diminuir a ansiedade.

A proposta da ACT é levar os pacientes a analisar seus sentimentos, sem as tão conhecidas recriminações que surgem quando não conseguimos levar a dieta adiante.

O criador da terapia acredita que só quando entramos em contato com nossos sentimentos e aceitamos que estamos doentes, começamos a tomar coragem para resolver os problemas. O método usa metáforas, histórias e exercícios para fazer o paciente sair do pensamento para a ação.

O paciente frequenta sessões de terapia e recebe orientações para fazer sozinho atividades que o ajudem a identificar o que o leva a compulsão por comida e como vencê-la.

As sessões do tratamento são feitas semanalmente e podem ser realizadas individualmente ou em grupo. No Brasil alguns terapeutas já aplicam o método.

Fonte: Da Redação com Estadão

Vida e Saúde