Vida e Saúde

Dicas para não exagerar nas festas de fim de ano

Atualizado em: 22/12/2014

Ceia da Natal

A expectativa pelas festas de Natal e Réveillon proporciona um clima de mudança, renovação e planejamentos. Para algumas pessoas essa época é lembrada também pelas comidas servidas nas ceias e isso é motivo de preocupação nos que desejam permanecer firmes com a dieta.
Neste período as confraternizações são comuns e, com todas essas reuniões, é difícil resistir à tentação e não comprometer o objetivo alcançado durante o ano. Comer moderadamente e respeitando os intervalos são passos fundamentais para aproveitar as comemorações sem prejudicar a dieta e, principalmente, a saúde.

Confira dicas para manter uma alimentação saudável e sem privações nas confraternizações e ceias.

Faça um lanche

Chegar na festa sem ter feito um lanche antes pode prejudicar os planos da dieta, já que é possível ter muita fome e comer mais que o necessário. “Quando estamos com fome tendemos a exagerar nas quantidades, por isso não devemos deixar a fome chegar. O ideal seria fazer um lanche simples e leve antes de sair de casa”, afirma a nutricionista do Hapvida Saúde, Tanara Ferreira.

Planeje o horário

Para manter o ritmo do organismo e não abusar do excesso ou falta de alimento, o recomendado pela nutricionista é planejar o horário da refeição e, nos demais horários, aproveitar a festa para se divertir. “No momento em que for se alimentar é recomendável iniciar a refeição com alimentos ricos em fibras, como saladas, frutas, incluindo as secas que são bem comuns nas festas de fim de ano”, orienta.

Seja flexível

Segundo a nutricionista do Hapvida Saúde, “a alimentação deve ser algo flexível e que não atrapalhe a vida social”. O ideal é fazer escolhas mais adequadas do que será ingerido e ter controle das quantidades, pois, como explica Tanara Ferreira, “comendo pequenas porções dos alimentos que estão sendo servidos, sem exageros, não haverão tantos prejuízos nos seus resultados”. Além disso, de acordo com a especialista não existem alimentos proibidos, mas é preciso escolher as melhores opções e manter o autocontrole.

Prato saudável

Na hora de montar o prato durante a ceia a nutricionista recomenda investir em um mix de cores, já que isso representa a variedade de nutrientes da refeição. “O prato deve ser rico em vegetais, com uma opção proteica magra e preferivelmente sem creme de leite ou molhos brancos. Apostar no arroz integral, podendo ser à grega. As massas integrais também são ótimas opções de carboidrato, que fazem parte de um prato saudável”, orienta Tanara Ferreira.

Não exagere

Um dos principais problemas nas festas de Natal e Ano Novo é passar da conta e consumir os alimentos e bebidas em excesso, o que pode causar desconforto e mal estar. Comer e beber além do que o corpo pode aguentar é prejudicial para a saúde. “Após um dia de exageros, o nosso corpo tende a reter líquidos, e esses comportamentos são estressantes para o organismo”, afirma a nutricionista.

Cuide da ressaca

Apesar das recomendações, ainda existem aqueles que ultrapassarão os limites do próprio corpo e precisarão de ajuda para se recuperar depois das comemorações. Segundo Tanara Ferreira, “no dia seguinte é importante abusar de líquidos como água, sucos e chás, que possuem efeito diurético”. A nutricionista explica que as frutas e verduras também são importantes nesse processo, pois têm ação antioxidante que pode ajudar na recuperação.

Volte à rotina

Passadas as festas de Natal e Ano Novo é preciso reorganizar a alimentação e retomar a rotina saudável. “Sem culpa, punições e principalmente sem comportamentos compensatórios e restritivos. A alimentação deve ser balanceada, com a inclusão de alimentos saudáveis e que são importantes para o funcionamento normal do organismo”, orienta a nutricionista.

Fonte: Melissa Paulino-Pauta Comunicação

Vida e Saúde