Conheça um pouco mais sobre o Método Padovan

Gisele Bundchen Sunset se inspira nas praias brasileiras
2 de outubro de 2012
Mallu Magalhães lança linha de camisetas com frases
2 de outubro de 2012

Conheça um pouco mais sobre o Método Padovan

Não é novidade dizer que o cérebro humano ainda é um mistério para os pesquisadores, porém, todos os dias surgem novidades sobre o funcionamento dele. Uma das grandes descobertas foi feito por uma brasileira, Beatriz Padovan. A pedagoga criou uma abordagem terapêutica que recapitula as fases do neuro-desenvolvimento usadas como estratégia para habilitar ou reabilitar o Sistema Nervoso, usualmente chamado de ‘Método Padovan’.

A técnica recapitula o processo de aquisição do andar, falar e pensar de maneira dinâmica, estimulando a maturação do Sistema Nervoso Central, com intuito de tornar o indivíduo apto a cumprir seu potencial genético e adquirir todas as suas capacidades, tais como locomoção, linguagem e pensamento.

O Método Padovan é composto de duas partes, os Exercícios Corporais e Os Exercícios Oro-buco-faciais. O primeiro é, em grande parte, derivados da reorganização neurológica, na sequência preconizada por Rudolf Steiner e complementada pela própria Beatriz Padovan. Os Exercícios Oro-buco-faciais faz uma reeducação mioterápica das funções orais.

Quando Aplicar

A utilização é para a recuperação de funções perdidas, funções nunca adquiridas, ou ainda para preparar o organismo para que possa adquirir funções e capacidades para as quais tenha potencial e que, por falta de estímulos ou por outro motivo qualquer, não tenha tido a oportunidade de se manifestar.

• Reabilitação: nos vários casos patológicos do Sistema Nervoso, além de casos em que o indivíduo não esteja alcançando seu desenvolvimento normal seja ele motor, de fala e linguagem, de aprendizagem ou de atraso do desenvolvimento neuro-psicomotor.

• Prevenção/Manutenção: de todas as funções. Melhorar o desempenho motor e cognitivo, por exemplo, memória, criatividade e prática esportiva. É excelente também em geriatria, quando o indivíduo vai perdendo as suas competências.

O Padovan é indicado para todas as idades nos seguintes casos:

Distúrbios Motores:

•Paralisia Cerebral (PC)
• Descoordenação Motora Global e Fina
• Dispraxias
• Acidente Vascular Encefálico (AVE)
• Traumatismo Craniano
• Etc.

Distúrbios de Fala e Linguagem:

• Distúrbios articulatórios em geral (trocas, omissões e substituições de fonemas, afasias motoras e sensoriais, atraso de linguagem, gagueira e etc.)
• Distúrbios de Aprendizagem: déficit de atenção e concentração, dislexia, discalculia e disgrafia.
• Motricidade Oral: respirador bucal ou oral, deglutição atípica, disfagia (dificuldade para deglutir ) e maus hábitos orais.

Distúrbios Neuro-motores e Síndromes:

• Doenças degenerativas do Sistema Nervoso
• Parkinson
• Alzheimer
• Demências
• Síndrome de Down
• Síndrome do Pânico

Distúrbios Neuropsiquiátricos

• Autismo
• Hiperatividade
• Depressão crônica

Pacientes em UTI

• Disfagias
• Coma e semi-coma

FOTO ABERTURA: A fonoaudióloga Yara Caldas aplicando o Método Padovan em um paciente. A profissional atua na Capital paraibana e no Rio Grande do Norte.

Dani Rabelo

Dani Rabelo
Jornalista do WSCOM Online, sócia e editora-chefe do Portal Mulher de Fato, cantora nas horas vagas, tagarela, observadora, carioca da gema e pessoense de coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *