Vida e Saúde

Como praticar atividade física na gravidez

Atualizado em: 25/04/2015

gravida_shutterstock-370x260

Em uma das melhores fases para vida da mulher, a atividade física na gravidez pode ser, sim, uma boa pedida

 

 

Embora o ganho de peso seja inevitável, durante a gestação, existe um fator nesse período da vida da mulher que pode favorecer a melhora do condicionamento físico e da saúde e, com isso, ajudá-la a não exceder os “quilinhos” previstos para cada um dos 9 meses da espera. Esse ponto positivo está no aumento da produção hormonal pelo qual as mulheres passam nessa se da vida, que colabora para o seu desenvolvimento físico. Logo, a atividade física na gravidez pode ser bem-vinda.

O incremento hormonal é tão alto, que algumas gestantes que são esportistas ou atletas amadoras conseguem manter o mesmo padrão de atividade física na gravidez até os últimos meses. Ainda assim, convém reforçar que o mais indicado é praticar exercícios regularmente, mas com uma intensidade moderada e de acordo com cada fase da gestação.

Para atender às necessidades de atividade física na gestação de forma segura são recomendados os exercícios de fortalecimento muscular, que podem ajudar a melhorar a circulação, o alongamento e atividades voltadas ao trabalho da postura e do abdômen, que ajudam na sustentação da criança.

As atividades de impacto como a corrida de alta intensidade, devem ser evitadas ou praticadas com menor intensidade. A corrida leve ou a caminhada, por exemplo, são algumas opções de atividade física na gravidez, que podem ser adotadas pela gestante com estado clínico regular, ou seja, que não apresenta nenhum risco, como descolamento do feto ou da parede do útero ou, também, gestação em idade avançada.

Fonte: Cristiano Parente, personal trainer, palestrante e sócio-diretor da Koatch Academia- SP

Vida e Saúde