Vida e Saúde

Cerca de 5% das crianças brasileiras sofrem de hipertensão

Atualizado em: 25/09/2012

crian%C3%A7a4

Cerca de 5% das crianças brasileiras sofrem de hipertensão. A doença, que antes era associada ao envelhecimento, está atingindo faixas etárias cada vez mais jovens. É preciso ter cuidado com essa precocidade, gerada principalmente pelos maus hábitos de vida.

A criança de hoje se alimenta mal, não pratica atividades físicas, fica muito tempo no computador ou diante da TV e come muito sal, principalmente em alimentos industrializados. Junto com a hipertensão vem também à obesidade e as alterações orgânicas tornando os pequenos propensos a complicações em órgãos como rins, cérebro, coração e vasos sanguíneos.

Na descrição das causas também está o antídoto para evitar a hipertensão. O primeiro passo é controlar como a criançada anda gastando o tempo de lazer. Elas não devem passar mais de duas horas diárias usando computador, vendo televisão e jogando videogame. É preciso estimular a criança a praticar atividades físicas ao menos 30 minutos por dia. É importante evitar o excesso de sal nos alimentos e consumir diariamente frutas, verduras e legumes.

A recomendação, aliás, serve também para os adultos, cujo comportamento e hábitos alimentares e sociais devem servir de exemplo para a meninada.

Estadão

Vida e Saúde