Vida e Saúde

Celulares e Tablets podem estar causando dores nas costas das crianças

Atualizado em: 29/05/2016

criancas-tablet

Geralmente as pessoas reclamam sobre dores nas costas, mas e as crianças é comum ouvir isso? Com a tecnologia avançando, as crianças passam uma boa tarde do tempo usando-as. E, isso pode interferir na sua saúde.

Reproduzimos na íntegra a matéria que fala mais sobre isso.

Há muito pouco tempo, dores musculares e de coluna eram queixas comuns apenas entre pessoas com idade avançada. Atualmente, no entanto, o incômodo de dores nas costas tem sido frequente até mesmo em crianças pequenas e a tecnologia e o abuso de aparelhos como celulares e tablets são um dos principais fatores de preocupação.

Se antes as pesadas mochilas dos pequenos eram sinônimo de desconforto, hoje são os itens leves que mais causam problemas. A posição de cabeça baixa e coluna levemente inclinada, típica quando prestam atenção aos aparelhos eletrônicos, comprometem o pescoço e toda a musculatura das costas.

O hábito de passar horas conectado somado a pouca prática de exercícios, já que hoje é cada vez mais raro ver, por exemplo, crianças brincando nas ruas, gera uma combinação extremamente prejudicial para a postura e a saúde dos pequenos no futuro, podendo causar alterações na curvatura da coluna, desgaste prematuro, artrose, entre outros.

Para evitar danos sérios, especialistas recomendam que, se não for possível abandonar os aparelhos eletrônicos, pelo menos faça uma mudança de posição a cada 30 minutos, mantendo sempre a postura correta.

A postura mais indicada é manter a coluna reta, com a região lombar apoiada sobre uma cadeira, com braços sobre uma mesa, mantendo o celular ou o tablet na altura dos olhos. Como tendões e músculos das mãos também podem sofrer com a digitação constante, vale alternar os cliques sempre entre polegar e os demais dedos, evitando a sobrecarga nas articulações.

Fonte: Bolsa de Mulher.

Vida e Saúde