Vida e Saúde

Calendário de exames: saiba quais são os principais e quando você deve fazer

Atualizado em: 07/04/2015

calendario-de-exames-agenda

Do início da vida adulta à terceira idade, descubra quais exames anuais são imprescindíveis para a saúde feminina.

Papanicolau e mamografia são os primeiros exames que vêm à mente quando pensamos em saúde feminina. Estes não são, no entanto, os únicos testes necessários para prevenir as principais doenças que afligem as mulheres. Segundo Antonio Paulo Stockler, ginecologista e obstetra, especialista pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), realizar os exames na idade certa ajuda a identificar males em estágio precoce, o que possibilita um tratamento menos agressivo. “O ideal é que se realize um check-up completo anualmente ou em menor prazo em caso de presença de comorbidades como obesidade, tabagismo, etilismo e doenças associadas, como diabetes, hipertensão, etc”, explicou. Além dos exames específicos para a idade, o check-up anual deve incluir ainda um hemograma completo: exame de glicemia, lipidograma e pesquisa de sangue oculto nas fezes.

Consultas médicas regulares também são essenciais. Os antecedentes da família devem ser sempre comunicados ao médico, pois podem antecipar a necessidade da realização de alguns exames. “O histórico familiar é determinante na caracterização do check-up, pois influencia a tomada de decisão não só quanto à frequência dos exames, mas também sobre a especificidade deles. Os hábitos de vida são decisivos no desenvolvimento ou não de doenças frequentes em uma mesma família, porém não há como ignorar que as chances são aumentadas geneticamente quando se tem um histórico familiar positivo para tal”, explicou Ariane Rocco Torrez, médica especialista em Geriatria do Asilo Padre Cacique, de Porto Alegre.

Conheça os principais exames femininos e quando devem ser realizados:


A partir dos 18 anos

Papanicolau (Colpocitologia oncótica)

É um exame preventivo que permite o rastreamento e diagnóstico precoce do câncer de colo de útero. Deve ser realizado após o início da vida sexual ou depois dos 18 anos. Recomenda-se a repetição anual do exame.

Colpocospia

Exame complementar ao papanicolau. Nele, o colo do útero é observado através de uma lente de aumento em busca de lesões que não podem ser visualizadas a olho nu. Deve ser repetido a cada ano.

Ultrassonografia transvaginal

É um importante aliado no rastreamento do câncer de ovário e no diagnóstico de miomas e cisto ovariano. Deve ser realizado junto com o papanicolau, após o início da atividade sexual, anualmente.

Ultrassom das mamas

Em mulheres mais jovens, o ultrassom das mamas serve para avaliar inicialmente a região, substituindo a mamografia. Deve ser realizado uma vez ao ano.

 

A partir dos 35 anos

 

Mamografia

É o exame essencial para prevenir o câncer de mama. Pode ser solicitado em qualquer idade em mulheres que apresentem sinais e sintomas de câncer de mama. A partir dos 35 anos, deve ser incluído no calendário de exames anuais.

 

A partir dos 45

Dosagem Hormonal

É um exame importante para as mulheres em fase pré-menopausa. Entre os principais hormônios dosados estão LH, FSH, progesterona, testosterona, estrógenos, prolactina e DHEA. O exame é feito a partir da coleta de uma amostra de sangue e deve ser repetido a cada ano.


Dosagem de vitamina D

Além de participar diretamente na prevenção e tratamento de osteopenia e osteoporose, essa vitamina tem sido muito estudada e seu deficit é relacionado com aumento da incidência de diabetes tipo 2, problemas cognitivos e doenças cardiovasculares.  A dosagem é feita por amostra de sangue e deve ser medida no mínimo anualmente a partir da pré-menopausa.

 

A partir dos 60 anos

Densitometria óssea

O exame avalia a densidade óssea e aponta riscos de fraturas. Pode ser solicitado antes em pacientes com história de fraturas após os 50 anos, uso crônico de corticoesteroides ou baixo peso. Deve ser repetido anualmente.

Fonte: MdeMulher

Vida e Saúde