Vida e Saúde

Café Salas de sesta para mulheres são nova moda no Japão

Atualizado em: 25/11/2013

naom_528cde9069465

 As "salas de sestas" exclusivas para mulheres, onde as japonesas podem recuperar horas de sono perdidas devido ao excesso de trabalho, são a última tendência no Japão em matéria de saúde e beleza.
Mundo

"Há poucos sítios no local de trabalho nos quais as mulheres podem descansar e, por isso, procuramos oferecer um lugar para fazer uma sesta e recuperar energias", disse à agência noticiosa espanhola EFE Masahiro Ota, um dos responsáveis do 'Ohirune Café Corner', o mais recente lugar deste tipo a abrir em Tóquio.

Inaugurado esta semana, o café situa-se na zona de Jinbocho, no centro da capital japonesa, onde se encontram algumas das principais editoras do país. Ota explicou que um dos públicos-alvo são as trabalhadoras destas empresas.
O 'Ohirune Café Corner' oferece camas com lençóis brancos, cortinas que caem do teto, aromas refrescantes e as utilizadoras podem escolher até 14 tipos de almofadas.


Para Ota, uma "boa sesta" deve durar entre 15 e 20 minutos diários. O objetivo é aumentar a concentração, a eficiência e a produtividade da mulher, além de ser benéfica para a saúde mental.

Neste café, as sestas podem ser feitas entre as 08:00 e as 18:00 e o preço por cada dez minutos de descanso é de 150 ienes (1,11 euros), um valor muito acessível para as japonesas.

Além de oferecer um espaço sem homens, estas "salas de sesta" também pretendem reduzir os casos de "karoshi", ou morte por excesso de trabalho, dado os vários casos de suicídio causados pela pesada carga horária imposta pelas empresas japonesas.

Fonte: Notícias ao Mundo

Vida e Saúde