Vida e Saúde

Bebidas gaseificadas aumenta risco de AVC em mulheres

Atualizado em: 29/10/2012

acidente-vascular-cerebral-2

Consumo de bebidas gaseificadas aumenta o risco de derrame nas mulheres. É o que revela estudo da Universidade de Osaka, no Japão.

Probabilidade de sofrer acidente vascular cerebral pode ser de até 80% entre aquelas que consomem as bebidas diariamente.

Entre os homens, os pesquisadores encontraram apenas um aumento ligeiro no risco de coágulos cerebrais.

A equipe rastreou cerca de 40 mil homens e mulheres com idade entre 40 e 59 anos ao longo de um período de 18 anos, documentando os hábitos alimentares, incluindo o consumo de refrigerantes.

Durante esse período, cerca de 2 mil dos voluntários sofreu acidente vascular cerebral.

Eles analisaram o hábito de consumo de bebidas das vítimas de derrame e comparou-os com aqueles que não desenvolveram coágulos.

Os resultados, publicados na American Journal of Clinical Nutrition, mostrou que as mulheres que tinham consumido bebidas gaseificadas diariamente eram 83% mais prováveis de sofrer acidente vascular cerebral isquêmico do que as mulheres que raramente ou nunca consumiam a bebida.

O trabalho apoia pesquisas anteriores que mostraram que bebidas adoçadas com açúcar e de baixo teor calórico aumentam as chances de acidentes vasculares cerebrais, em ambos os sexos.

iSaúde

Vida e Saúde