Vida e Saúde

Aumentam acidentes com escorpiões e serpentes

Atualizado em: 25/12/2012

acidentes-com-animais-peconhentos-aument

Em função da variedade de espécies de jararaca no país, os próximos meses costumam ter registros recordes de acidentes com esses animais, que lideram a lista de ocorrências. Os acidentes com animais peçonhentos em geral , aumentam 30% no período de calor e chuvas, principalmente de dezembro a março. Os dados, do Instituto Butantan mostram ainda que entre os acidentes mais comuns estão também as picadas de escorpião.

" Em segundo lugar vem a cascavel. A jararaca causa mais acidentes, mas é a que menos mata, apesar de deixar sequelas às vezes graves. A cascavel, apesar de causar poucos acidentes, é a que mais mata" , destaca o biólogo e diretor do Museu Biológico do Instituto Butantan, Giuseppe Puorto. As mortes causadas pela cascavel ocorrem, segundo ele, em função do tipo de ação do veneno, que pode provocar insuficiência renal aguda.

Ele recomenta que em caso de picadas de cobra deve-se primeiro manter a calma, lavar o local da picada apenas com água ou com água e sabão, dar bastante água à vítima para manter a hidratação e procurar o serviço médico o quanto antes. Se possível, deve-se manter erguida a parte atingida. Não se deve amarrar , cortar, sugar ou colocar qualquer tipo de produto no local e beber somente água, evitando tocar o animal sem ajuda de pessoa qualificada;

Quanto à ferroada de escorpião, a primeira medida a ser adotada é colocar compressas de água morna sobre a ferida. O procedimento ajuda a aliviar a dor até a chegada ao serviço de saúde mais próximo. Em caso de picadas de aranhas e queimaduras de taturanas, é importante não mexer no ferimento e procurar atendimento médico imediatamente.

iSaúde

Vida e Saúde