Vida e Saúde

Atenção: Malhar em jejum pode afetar o cérebro

Atualizado em: 21/12/2012

ziper_na_boca

 Estudos médicos feitos em vários países mostram que realizar exercícios em jejum pode levar o organismo ao que se chama de "estado de racionamento de energia".

Ou seja,o corpo cria uma defesa, por entender que as reservas energéticas estão sendo queimadas, sem que este "combustível" esteja sendo reposto.

Quando se está em repouso, um organismo saudável se adapta com alguma facilidade aos períodos em jejum. Mas quando estamos mexendo com o corpo, a situação pode se complicar, colocando a saúde do indivíduo em risco.

O resultado é que atividade física com a barriga vazia pode provocar reações extremamente desagradáveis como desmaios e até afetar o cérebro, provocando danos neurais permanentes.

Mesmo com outros estudos mostrando que realizar exercícios físicos em jejum pode gerar um aumento no consumo de gordura, isto não compensaria os riscos envolvendo esta prática.

Estadão

Vida e Saúde