Turismo e Cultura

O litoral norte da Paraíba é um dos mais movimentados neste verão.

Atualizado em: 04/02/2015

Projeto_Ponte

Projeto_Ponte2

A estação mais aguardada do ano leva milhares de pessoas para as praias e piscinas naturais da Paraíba. Com um litoral com cerca de 130 km de extensão, o estado oferece destinos variados para quem quer aproveitar o sol, mas também usufruir das belezas que a região oferece. Uma das áreas que tem recebido grande atenção é o Litoral Norte do estado.
No litoral Norte, os municípios de Cabedelo e Lucena são os mais movimentados nessa época do ano, tendo em vista os atrativos da região e os eventos culturais. Lá estão algumas das praias mais cobiçadas do litoral paraibano, mas que, apesar de forte movimento de turistas nessa época do ano, a região ainda não atingiu todo o seu potencial. Porém, a falta de
uma ligação direta entre João Pessoa e o litoral Norte ainda é um empecilho.
Com a construção da ponte que ligará os municípios, o trajeto será encurtado e realizado em menos tempo e, consequentemente, aumentará a movimentação de turistas, sobretudo durante o verão. De acordo com Selmo Lima, presidente da Associação Amigos do Litoral Norte, a construção da ponte trará inúmeros de benefícios para a região, para os turistas, trabalhadores e moradores. “É um importante projeto para o desenvolvimento do turismo, do setor imobiliário e que vai gerar muitas oportunidades de emprego e renda nos municípios da região”, afirma.
Segundo Selmo, apenas a expectativa da construção da ponte já fez com que os incentivos na região aumentassem, mas isso só será intensificado com a execução do projeto. “A cidade de Lucena, por exemplo, será beneficiada com 100% de saneamento, além de dois poços para aumento do abastecimento de a água, o que gera emprego, mas também melhora a infraestrutura do município. Mas, outros incentivos, como o setor imobiliário e a instalação de grandes empresas, só serão possíveis mediante a aprovação do projeto, já que facilitará a locomoção das pessoas e o transporte de materiais”, explica.
A região passa por uma fase ampla de desenvolvimento e tem recebido projetos e auxílios que serão responsáveis pela sua expansão econômica, como o a instalação do estaleiro de reparos de navios em Lucena, cuja aplicação financeira é de R$ 1,9 bilhão. Com isto, a expectativa é que no estaleiro sejam gerados 1.500 empregos diretos e outros 4.500 postos de trabalho indiretos, ampliando, assim, o desenvolvimento da área.

Fonte: Deborah Rosa – Pauta Comunicação

Turismo e Cultura