Notícias

ONU Mulheres recebe inscrições para Grupo Assessor da Sociedade Civil

Atualizado em: 22/03/2017

9299669282_6099149f6e_k-e1464376040420

A ONU Mulheres está com inscrições abertas até o dia 30 de Abril, apara o Grupo Assessor da Sociedade Civil. Leia a matéria na integra abaixo.

 

 

 

ONU Mulheres recebe inscrições para Grupo Assessor da Sociedade Civil

A ONU Mulheres recebe candidaturas de representantes de organizações e redes da sociedade civil brasileira para o Grupo Assessor da Sociedade Civil (Brasil). O prazo de inscrição vai até 30 de abril por meio do e-mail onumulheres@unwomen.org.

Os Grupos Assessores da Sociedade Civil da ONU Mulheres são espaços globais, regionais e nacionais com o propósito de facilitar consultas efetivas, contínuas e estruturadas entre a sociedade civil e a ONU Mulheres.

A ONU Mulheres recebe candidaturas de representantes de organizações e redes da sociedade civil brasileira para o Grupo Assessor da Sociedade Civil (Brasil). O prazo de inscrição vai até 30 de abril por meio do e-mail onumulheres@unwomen.org.

Os Grupos Assessores da Sociedade Civil da ONU Mulheres são espaços globais, regionais e nacionais com o propósito de facilitar consultas efetivas, contínuas e estruturadas entre a sociedade civil e a ONU Mulheres.

Trata-se de instâncias para enriquecer o desenvolvimento de políticas e programas com a experiência, as perspectivas e os conhecimentos da sociedade civil; e promover parcerias duradouras entre a ONU Mulheres e a sociedade civil pela igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres.

A composição do Grupo Assessor garante a representação da diversidade das mulheres no Brasil — incluindo diversidade regional — e das perspectivas de desenvolvimento. As e/ou os integrantes do Grupo Assessor servirão a título pessoal, de forma voluntária, por um período de dois anos (de julho de 2017 a junho de 2019).

As áreas temáticas da ONU Mulheres no Brasil são: mulheres lideram e participam em processos de decisão em todos os níveis; mulheres, especialmente as mais pobres e excluídas, são empoderadas economicamente e se beneficiam do desenvolvimento; mulheres e meninas vivem livres de violência, paz e segurança; ações humanitárias são influenciadas pela liderança e participação das mulheres; governança e os processos de planejamento refletem compromissos e prioridades para a promoção da igualdade de gênero.

A seleção será conduzida por um comitê formado por ex-integrantes do Grupo Assessor. O prazo estimado para anúncio do resultado da seleção é junho deste ano.

 

Fonte: ONU Mulheres 

Notícias