Notícias

Novo debate sobre mulheres no mercado de trabalho

Atualizado em: 25/09/2013

mulheres-mineiras-rompem-barreiras-e-conquistam-seu-espaco-no-mercado-de-trabalho

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) realiza, nesta quarta-feira (25), um novo ciclo de debates dentro do projeto “Diálogos”, promovido com uma ação de parceria entre a Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para Mulheres (SEPPM) e a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes.  Os ciclos propõem realizar discussões quanto à atuação das mulheres em atividades profissionais tradicionalmente ocupadas por homens.

A roda de debates, nesta quarta-feira (25), será realizada no auditório 4, da Estação das Artes, a partir das 19h, com a presença de mulheres que atuam como advogadas e delegadas. Este segundo debate deveria ter acontecido no último dia 27 de agosto, mais foi adiado em virtude do blecaute que aconteceu em todo o Nordeste.

Desta vez, participarão do projeto a delegada Maísa Félix Ribeiro de Araújo, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, e também a advogada Gregória Benário, do Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra. O ciclo de debates “Diálogos” teve a primeira atividade em maio deste ano com a participação de mulheres que trabalham no setor da construção civil.

A atividade também é uma ação prevista no Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça, da Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres (SPM), que está em sua quinta edição. A iniciativa é promover por parte de empresas e organizações privadas ações que busquem contribuir para a eliminação do preconceito e das dificuldades enfrentadas pelas mulheres nos ambientes de trabalho.

Público alvo

O debate desta quarta-feira (25) terá como público alvo alunos do programa Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Nosso objetivo é promover uma discussão contínua sobre a participação atual das mulheres em profissões inicialmente, ou ainda culturalmente, ocupadas por homens nos ambientes de trabalho. Queremos provocar uma reflexão sobre as dificuldades e preconceitos ainda enfrentados por essas mulheres”, ressalta a secretária titular da SEPPM, Socorro Borges.

Outra discussão que deve ser provocada nos ciclos é a divisão de papéis entre homens e mulheres no ambiente doméstico. “É importante que essa discussão também seja levada em conta. As mulheres estão no mercado de trabalho, mas continuam as maiores responsáveis pelo cuidado com os filhos, as tarefas domésticas, e até com os próprios maridos. Precisamos lembrar que essa divisão de trabalho dentro e fora de casa também deve ser repensada por todos”, completa a secretária.

Assessoria

Notícias