Notícias

Maior evento sobre chocolate do mundo é lançado em Salvador

Atualizado em: 06/07/2012

Os mais renomados chefs e especialistas em chocolate do Brasil e do mundo estão no 18º Salon du Chocolat Bahia, evento internacional lançado na noite de quinta-feira (5), em Salvador – pela primeira vez na América Latina.

O público tem acesso à programação a partir desta sexta-feira (6) até domingo (8), no Centro de Convenções, na capital baiana. O evento veio para a Bahia fazendo uma homenagem ao centenário do escritor Jorge Amado.

Mais de 40 expositores mostram todas as etapas da cadeia produtiva do chocolate, desde produtores de cacau até grandes indústrias chocolateiras. Também serão apresentadas matérias-primas inusitadas, técnicas exclusivas e formatos diferenciados, a exemplo de maquiagem comestível feita de chocolate.

Maior produtor de cacau do Brasil, a Bahia foi escolhida para sediar o evento no país. Na programação do Salon du Chocolat, os visitantes podem participar da ChocoDemo, um espaço com demonstrações de grandes “chocolatiers” e chefs. Serão apresentadas técnicas e receitas. A programação inclui grandes nomes da gastronomia nacional e internacional como Fabrice Le Nud, Arnaud Larher, Stéphane Bonnat, Carole Crema, entre outros.

Já na ChocoEsfera, os assuntos relacionados à cadeia produtiva do cacau e chocolate serão debatidos. História do cacau, mitos e lendas, indicação geográfica, boas práticas de produção e as tendências do mercado gourmet fazem parte da intensa e diversificada programação. A programação completa pode ser vista no site do evento.

Sobre o evento
Com 17 anos de existência e mais de 90 edições ao redor do mundo, o Salon du Chocolat é promovido pela Event International, comanda por Sylvie e François Jeantet. Atualmente, o Salon acontece em quatro continentes e movimenta três milhões de visitantes pelo mundo.
Até agora inédito no Brasil, o Salon du Chocolate já aconteceu em Paris, Nova Iorque, Tokyo, Moscou, Shangai, Madrid, Cairo, Bologna, Marselha, Lille, Lyon e Bordeaux.

Com informações do G1

Notícias