Notícias

Jornalistas paraibanas são reconhecidas em premiação

Atualizado em: 06/05/2012

Cerca de 150 profissionais da imprensa e convidados participaram na última quarta-feira (2 de maio) do reconhecimento estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo. Nesta edição, foram inscritos 53 trabalhos e duas mulheres se destacaram entre os premiados. Na categoria radiojornalismo, Jacquelline Oliveira, da Rádio Cidade Sumé, ficou em primeiro lugar. Já na categoria webjornalismo, a jornalista Raquel Medeiros, do Portal Nas Entrelinhas, levou a premiação. Conquistaram o prêmio ainda com o primeiro lugar nas categorias jornalismo impresso Daniel Motta e Ana Teixeira/Correio da Paraíba e em telejornalismo, Wendell Rodrigues/TV Correio. Todos vão disputar a etapa nacional, concorrendo a prêmio de R$ 25 mil.

“A imprensa tem um papel importante para incentivar e difundir o espírito empreendedor do brasileiro. É esse espírito que contribui para o crescimento do país. Estamos muito satisfeitos em participar dessa etapa estadual do prêmio e reconhecer os jornalistas paraibanos”, destacou o superintendente do Sebrae Paraíba, Júlio Rafael, antes da entrega dos troféus aos vencedores. Ele ressaltou também a importância dos profissionais de imagem (fotografia e cinegrafia), que, neste ano, foram reconhecidos com menções honrosas.

A chefe do Núcleo de Imprensa da Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae Nacional, Ana Canedo, ressaltou que a Paraíba foi o estado da região Nordeste que teve o maior número de inscrições no prêmio. “Temos o privilégio de poder compartilhar com a imprensa histórias de vencedores, de empreendedores que venceram. Agradeço o espaço que a imprensa da Paraíba tem dedicado ao empreendedorismo e às boas histórias”, disse Ana Canedo.

A presidente da Associação Paraibana de Imprensa (API), Marcela Sitônio, disse estar satisfeita com o reconhecimento dos jornalistas paraibanos pelo Sebrae. “Essa é uma das formas de valorizar o profissional, de mostrar o seu potencial”, disse. Ela ainda acrescentou, mostrando otimismo para a etapa nacional, que os jornalistas paraibanos têm ganhado prêmios nacionais. “Quero lembrar que nossos jornalistas estão ganhando prêmios fora do Estado. Isso é um bom sinal”, afirmou.

De acordo com a gerente da Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae Paraíba, Renata Câmara, a cada edição a qualidade do material inscrito tem melhorado e mostrado um diferencial dos profissionais do Estado. “Percebemos que o assunto empreendedorismo tem ultrapassado os limites da editoria de economia, mostrando que o assunto é transversal e pode ser pautado em vários espaços de cultura à cidades”, destacou. “Os jornalistas paraibanos estão tendo sensibilidade para tratar o empreendedorismo de forma diferenciada, sem estarem presos apenas aos números, típicos das matérias de economia”, ressaltou a gerente.

Os vencedores da etapa estadual ganharão uma viagem para conhecer o Centro de Sustentabilidade do Sebrae (CSS), localizado em Cuiabá (MT). O local é modelo para os empresários, pois mostra que é possível e lucrativo ter uma empresa sustentável no país. O CSS, que reúne conhecimento sobre o tema, tem como objetivo apoiar o Sebrae no atendimento e na inclusão das micro e pequenas empresas (MPE) na economia verde.

Disputa na etapa nacional
Os vencedores da etapa estadual irão concorrer com escolhidos de cada estado, na etapa nacional, ao Grande Prêmio Sebrae de Jornalismo. O vencedor vai ser premiado com o valor de R$ 25 mil. Além do prêmio principal, serão escolhidos os melhores trabalhos em cada categoria, que irão receber R$12,5 mil cada um. Também haverá menções honrosas em cada categoria e cada um dos contemplados receberá R$ 3 mil. Em todo o país, 1.143 jornalistas inscreveram seus trabalhos.

No ano passado, na etapa estadual do prêmio, foram inscritos 36 trabalhos e os vencedores foram os jornalistas Laerte Cerqueira (TV Cabo Branco), Jacqueline Oliveira (Rádio Cidade de Sumé), Naná Garcez, Carlos Cézar e Eliane Cristina (Revista Edificar) e Fábio Bandeira (Portal Administradores.com). Laerte Cerqueira conquistou ainda menção honrosa na etapa nacional.

Finalistas e vencedores em cada categoria

Jornalismo impresso
• Inclusão Produtiva: têxteis, leite e mel são referências na Paraíba (Correio da Paraíba – Daniel Motta e Ana Teixeira ) VENCEDOR
• Paraibanos buscam alimentação saudável: orgânicos mudam a vida no campo – (Correio da Paraíba – Alysson Bernardo e Daniel Motta)
• 13% dos empresários da PB são jovens – (Correio da Paraíba – Thadeu Rodrigues)
• Empresa tem que inovar para crescer – (Jornal da Paraíba – Jean Gregório)

Telejornalismo
• Faço diferente na Paraíba (Série de Reportagens – TV Correio – Wendell Rodrigues) VENCEDOR
• Em jogo, o empreendedorismo (TV Arapuã – Richelle Bezerra Da Silva )
• O Bonequeiro (TV Cabo Branco – Laerte Cerqueira )
• As louceiras de Remígio (TV Cabo Branco – Laerte Cerqueira)

Webjornalismo
• Manifeste-se: mais que reciclar e reutilizar a ordem agora é consertar (Entrelinhas – Raquel Medeiros) VENCEDOR
• Paraibanos se destacam e recebem financiamento de US$ 40 mil do Chile (G1 – Maurício de Melo Barros e Krystine Paula Oliveira Carneiro)
• Sebrae-PB costura projeto de uma moda com identidade própria (Entrelinhas – Raquel Medeiros)
• A construção civil nos passos da sustentabilidade (Administradores.com – Eber Freitas)

Radiojornalismo
• Empreender pra viver com qualidade de vida e renda (Rádio Cidade de Sumé – Jacqueline Oliveira) VENCEDOR
• Saúde e cidadania nas feiras agroecológicas (Rádio Cidade de Sumé – Jacqueline Oliveira)

Notícias