Notícias

Igreja da Irlanda nomeia primeira bispa de sua história

Atualizado em: 20/09/2013

0007e3c1-642

A reverenda anglicana Pat Storey, de 53 anos, casada e mãe dois filhos, se transformou na primeira bispa na história da Igreja da República da Irlanda, informaram fontes eclesiásticas nesta sexta-feira.

Pat, que até agora era reitora da igreja de Santo Agostinho em Derry, no oeste da Irlanda do Norte, foi escolhida ontem para dirigir o bispado de Meath e Kildare, sediado no leste da República da Irlanda.

Nascida em Belfast, a primeira bispa da confissão anglicana na ilha da Irlanda e no Reino Unido afirmou hoje que se sente "emocionada" e, ao mesmo tempo, um pouco "assustada" com este histórico acontecimento.

"Será um enorme privilégio poder começar uma nova etapa com o povo de Meath e Kildare. Já estou desejando trabalhar com a equipe de clérigos que está aí", assinalou a nova dirigente protestante.

"Eu gostaria de pedir sinceramente que rezem por mim e pela minha família, que é a melhor família do mundo", completou.

Em resposta a essa nomeação, o arcebispo de Dublin, Michael Jackson, assegurou que essa decisão "encheu de alegria" a Igreja da Irlanda e "a comunhão anglicana", destacando as qualidades de Pat.

A nomeação servirá para retomar o debate sobre as bispas na Igreja da Inglaterra, depois que o sínodo geral – corpo legislativo formado por bispos, laicos e clérigos – rejeitasse esta ordenação após anos de acaloradas discussões no último ano.

Desde 1992, quando as mulheres passaram a ser sacerdotes, a Igreja da Inglaterra debateu de maneira apaixonada o assunto da ordenação de bispas, que encontra um forte oposição entre os setores mais tradicionalistas.

Entre os partidários figura o arcebispo de Canterbury, Justin Welby, que, após aceder ao cargo em novembro do último ano, apoiou tal ordenação e disse que "é o momento de terminar o trabalho" iniciado com a entrada das mulheres no sacerdócio há 20 anos.

A nova bispa de Meath e Kildare, que é casada com o reverendo Earl Storey e tem uma filha de 25 anos e outro de 22, e cursou estudos de francês e inglês na universidade Trinity College de Dublin antes de ingressar no Colégio Teológico da Igreja da Irlanda.

EFE

Notícias