Notícias

Estudo com protótipo mostra como grávidas devem dirigir

Atualizado em: 12/05/2015

12055445

Uma barriga postiça equipada com sensores revelou tecnicamente quais as maiores limitações que as gestantes enfrentam ao dirigir.

Entre elas estão desconforto ao movimentar o corpo, mudanças posturais, alteração do centro de gravidade e até dificuldades para alcançar comandos essenciais no painel.

O colete que simula gravidez foi criado pela Ford. A peça é composta por uma bolsa com cerca de 2,7 kg . Há compartimentos com almofadas e água que reproduzem os movimentos do feto.

Os pesquisadores ainda realizaram testes de impacto virtuais, já que as simulações por computador permitem estudar como a gestante e o feto são afetados em choques a diferentes velocidades e ajudam no desenvolvimento de estratégias mais eficientes de proteção.

O estudo levou a Ford a divulgar algumas orientações de segurança, especialmente sobre o uso do cinto de segurança por mulheres grávidas.

POSIÇÃO IDEAL

  • O acesso aos pedais tem de ser bastante cômodo, com a máxima distância possível entre a barriga e o volante.
  • O cinto de segurança deve ficar o mais próximo possível do corpo. Roupas volumosas podem prejudicar esse ajuste.
  • A alça inferior do cinto de segurança não deve ficar sobre a barriga, mas abaixo dela e do modo mais plano possível.
  • O ideal é que a alça superior do cinto de segurança seja colocada sobre o tórax, entre os seios, bem ajustada.
  • O cinto de segurança nunca deve ser posicionado debaixo do braço ou por trás das costas.

 

Fonte: Da Redação com Folha Online

Notícias