Notícias

Estresse do dia a dia pode causar queda de cabelo

Atualizado em: 10/04/2015

Queda de Cabelo Feminino

O cabelo não é só a moldura do rosto ou uma proteção para a cabeça, ele faz parte de uma simbologia com os mais diferentes significados, e a sua perda tende a minar as mais resistentes forças que carregamos internamente, podendo causar ansiedade e depressão. Hoje em dia as pessoas se declaram “muito estressadas” e relacionam a queda de cabelo ao fato de passarem por períodos de elevada tensão emocional, e isso só mostra que a Alopecia (queda de cabelo) está relacionada aos efeitos psicossomáticos (em que a mente influência a forma como as pessoas sentem as coisas). Quando a queda capilar aparece através de fatores genéticos, ou de fatores externos, podemos dizer que existe tratamento para ambos.

Segundo a terapeuta capilar Sandra Assis Maia da clínica capilar Alto Stima, o tratamento pode ser feito através da Medicina Antroposófica que enfoca os fatores que sustentam a saúde humana através do reforço da fisiologia do paciente e da individualidade, ao invés de apenas tratar os fatores que causam a doença. “A autodeterminação, autonomia e dignidade dos doentes é um tema central, terapias são acreditadas para aumentar as capacidades de um paciente se curar do problema capilar apenas com um tratamento psicológico”, esclarece.

A consequência da doença pode estar ligada aos hábitos do dia a dia, seja por uma doença sanguínea ou por outro fator que somente com um diagnostico preciso, pode chegar à causa e saber o que está causando a perda dos fios. Em casos extremos, o estresse pode levar a queda de cabelo grave. Há certos tipos de estresse que afetam o sistema circulatório periférico, prejudicando a fixação dos fios no couro cabeludo. “Além do estresse, alguns medicamentos podem provocar a queda dos cabelos. O efeito colateral de alguns remédios como: antidepressivos, anfetaminas, medicações para emagrecimento e para tratamento de acne, podem fazer com que o fio caia e ocorra o eflúvio telogeno (é a antecipação da queda de cabelo podendo dificultar a reposição). Deve-se atentar ao descrito à bula e sempre que possível conversar com um médico”, explica Sandra.

Caso você note a perda excessiva de cabelo procure um tricologista. Este profissional irá avaliar o motivo, a gravidade e o melhor tratamento para o seu caso. Os cabelos são símbolos de autoestima tanto para os homens e, principalmente, mulheres.

Evite o estresse seguindo algumas dicas:

Aproveite seus dias de folga — Não desperdice os dias de descanso. Use-os para passear, praticar esportes, ver amigos e estar com a família.

Leia um livro — Ler faz a gente relaxar e se distrair. Conhecer novos lugares, mesmo sem sair do lugar, que por meio da ficção, faz muito bem à mente.

Dance — Mexa o corpo dançando. Quer maneira melhor de mandar o estresse embora? Seja sozinho ou acompanhado, nada é melhor que dançar para se livrar da tensão gerada no dia a dia.

Acupuntura — Esta técnica medicinal de origem chinesa já é bem aceita pela medicina ocidental. A acupuntura pode ser recomendada para casos mais graves de estresse, mas só deve ser feita com prescrição médica e por um profissional habilitado.

Ao longo do dia de trabalho, tire alguns minutos para se distrair — Faça pausas de cinco minutos, levante-se da sua mesa e vá dar uma volta, nem que seja pelos corredores.

Descanse — Cansaço não se resolve com truque, mas com repouso.

Saia da rotina — Mudar a rotina faz bem não só para a memória, mas também aumenta o ânimo.

Fonte: Beleza Inteligente

Notícias