Notícias

Adolescente tem parada cardíaca e morre após extrair dente do siso; entenda o caso

Atualizado em: 23/06/2015

risco-de-tirar-dento-do-siso-2

A adolescente norte-americana Sydney Galleger, de 17 anos, teve um infarto fulminante durante uma visita ao dentista para tirar o dente do siso e morreu na  segunda-feira (15 de junho). O caso, apesar de raro, chama atenção pela gravidade.

De acordo com a mãe da jovem de 17 anos, Diane Galleger, tudo estava bem durante a consulta ao dentista, mas de repente a pressão arterial disparou e o pulso caiu e ela teve uma parada cardíaca. Na página criada para apoiar Sydney no site Caring Bridge, Diane disse que o dentista ligou para a emergência e iniciou as manobras de reanimação cardíaca.

Já no hospital, Sidney foi estabilizada e transferida de hospital, mas sua condição piorou. Sidney passou a ter convulsões e foi necessário o uso de ventilação mecânica para ajudá-la a respirar.

Dois dias após a extração do dente, o cérebro da jovem começou a inchar e foi necessário colocar um dreno para reduzir a pressão intracraniana. Mas o inchaço continuou até que, na última segunda-feira (15 de junho), Sydney faleceu.

“Nós queremos voltar para quando tínhamos nossa divertida, saudável, feliz e engraçada filha de 17 anos ao nosso lado”, postou a mãe de Sydney. “Enquanto nós olhamos para todas as fotos que cobrem as paredes do hospital, é difícil de acreditar que essa mesma feliz, saudável, divertida e ainda bela filha, irmã, neta, sobrinha, prima e amiga está deitada naquela cama de hospital. Nós ainda não compreendemos e não temos certeza de quando compreenderemos”. (tradução livre).

Outros casos

Casos como o de Sydney são muito raros, mas, no último ano, outro adolescente norte-americano faleceu depois da retirada do dente do siso. Benjamin LaMontagne, de 18 anos, desenvolveu uma forte infecção bacteriana após ter seu dente removido e faleceu 48 horas após o procedimento.

Apesar de serem casos isolados, eles chamam chama atenção para a necessidade de que consultórios de dentistas sejam equipados com material básico para primeiros socorros. Afinal de contas, são realizadas pequenas cirurgias nesses ambientes e o uso de anestesia pode desencadear eventos como o ocorrido com Sydney.

Fonte: Da Redação com Bolsa de Mulher

Notícias