Notícias

Acusado de matar estudante é condenado a 17 anos e seis meses de prisão

Atualizado em: 20/09/2013

ari

Na madrugada desta sexta-feira (20), após 10 horas de julgamento, às 3h30, Luiz Paes de Araújo Neto foi condenado a 17 anos e seis meses de prisão em regime fechado pelo assassinato da estudante Aryane Thaís. A defesa já anunciou que irá recorrer.

O crime ocorreu em 2010, quando no dia 15 de abril, o corpo da estudante foi encontrado às margens da BR 230. Aryane estava grávida de Luiz Paes de Araújo Neto e o casal havia sido visto discutindo na noite anterior por conta da gravidez.

WSCOM Online

Notícias