Notícias

5 passos para você retornar ao mercado de trabalho depois dos 40

Atualizado em: 03/05/2015

mulher-no-trabalho-9281

Retornar ao mercado de trabalho na faixa dos 40 soa como missão impossível? De jeito nenhum! Comece desarmando a armadilha que convence as mulheres maduras de que suas chances acabaram. Leia aqui os 5 passos para um recomeço promissor. Você pode até se surpreender e encontrar um emprego superior àquela vaga do passado.

1º Passo – Olhe para dentro: o que pode oferecer?

Um balanço do caminho percorrido ajuda a traçar a rota para o futuro. A psicóloga Mariá Giulese sugere escrever a linha do tempo da sua vida e da sua carreira: na empresa, em que momento você parou? No início ou já consolidando uma posição? Que conhecimentos desenvolveu depois? Esse será o seu capital, o valor que terá para oferecer ao mercado. Traçada a linha, investigue se quer permanecer no ramo ou investir em outro.

2º Passo – Olhe para fora: o que interessa a você?

Pesquise o mercado: onde estão as empresas que precisam do que você dispõe e como elas compram esse trabalho. “Há diversas maneiras. Você pode ser contratada por projeto, por tempo determinado, como consultora ou pessoa jurídica”, diz Mariá. Portanto, não fique presa à carteira assinada para se sentir produtiva. Dê uma olhada de 360 graus para descobrir onde pode ser competitiva e de que forma a maturidade se ajusta ao perfil das empresas.

3º Passo – Crie estratégias e venda seu peixe

Uma questão delicada é como tratar no currículo o tempo que ficou fora. “Em alguns casos, esse período está permeado por algumas iniciativas. Se você foi sócia de um negócio, ajudou na montagem de uma feira ou fez outras atividades semelhantes, vale incluir. Se acompanhou o marido transferido pela empresa para o exterior, escreva que de tanto a tanto residiu em determinado país”, aconselha Patrícia Molina, consultora. Conta pontos. Afinal, você exercitou outras línguas, aprendeu culturas diferentes, respirou ares globalizados. Mas, se ficou cuidando dos bebês, relate apenas os últimos empregos. “Na hora da entrevista, quando o assunto surgir, esclareça que se afastou por um projeto pessoal.”

4º Passo – Estude e encurte caminho

Enquanto busca uma vaga, inicie uma pós-graduação, MBA, curso técnico ou de línguas. “O retorno à escola não só atualiza conhecimentos como proporciona o reencontro com o mercado por meio de colegas e professores que estão na ativa em diferentes empresas. Eles podem oferecer ou indicar uma vaga”, diz Matilde Berna, consultora.

5º Passo – Encare sem medo a entrevista

Mantenha a serenidade, seja verdadeira, não force a barra. “Um erro comum numa entrevista é tentar ?caber? na vaga, mesmo percebendo que o entrevistador não vai pagar o passe”, explica Mariá. Torne claro a profissional que você é, as experiências reunidas e sua visão para o futuro. “Deixando boa impressão, mesmo que não seja selecionada, pode ser chamada para outra vaga mais tarde”, observa. Mas sossegue o coração na negociação salarial. Não perca de vista seu real valor e negocie bem. Do contrário, vai se sentir explorada poucos meses depois.

 

Fonte: Da Redação com M de Mulher

Notícias