Gastronomia

O consumo de carboidrato pode influenciar diretamente no humor

Atualizado em: 13/05/2014

carbo

Mudanças aparentemente inexplicáveis no humor, como a falta de ânimo ou disposição para realizar atividades corriqueiras podem estar relacionadas a uma alimentação desequilibrada. Segundo a nutricionista Fabiana Fontes, da Equilibrium, consultora da Pelaggio, marca da M. Dias Branco, investir numa alimentação correta ajuda a manter a saúde física e emocional. O macarrão pode auxiliar a garantir a quantidade necessária de carboidrato.

Cada substância gerada pelo organismo possui uma função diferente. Os neurotransmissores, substâncias químicas produzidas pelas células nervosas, por exemplo, são os responsáveis por transmitir impulsos nervosos ao cérebro que influenciam diretamente na sensação de bem-estar e felicidade.

De acordo com Fabiana, é essa produção de neurotransmissores que está ligada diretamente aos alimentos consumidos no dia a dia. “Alguns alimentos, incluindo as massas, possuem nutrientes que induzem a formação de serotonina, dopamina e noradrenalina, principais neurotransmissores”, explica.

Uma alimentação deficiente de nutrientes pode causar falta de disposição, por isso é preciso incluir uma grande variedade de ingredientes nas refeições. “O carboidrato fornece energia e níveis de glicose necessários para ativar o impulso nervoso de bem-estar. Quando ele é associado a outras vitaminas e minerais seu efeito é potencializado”, esclarece a especialista.

Segundo Fabiana, cada neurotransmissor também afeta o corpo de maneira diferente. A serotonina provoca uma sensação de bem-estar. Já a dopamina e noradrenalina proporcionam energia e disposição. “O carboidrato presente nas massas afeta diretamente o humor, pois ele é transformado em glicogênio quando ingerido. É o próprio glicogênio que possui papel importante na produção de serotonina”, comenta.

Para garantir uma sensação prolongada de bom humor, Fabiana lista outros nutrientes que não podem faltar na alimentação. “Ácido fólico, ômega 3, vitamina B6, vitamina C e magnésio também participam ativamente no processo de melhoramento do humor”, pontua. “Alimentos como espinafre, brócolis, peixes, frutos do mar e sementes oleaginosas, como nozes, castanhas e amêndoas, são ótimas fontes desses nutrientes”, completa.

A combinação destes ingredientes com as massas ajuda também a espantar a TPM das mulheres. A dica é preparar uma refeição completa como na receita abaixo. Sugestão da Pelaggio, o espaguete com salmão fornece uma boa quantidade de carboidrato e ômega 3.

 

Espaguete ao Molho de Erva Doce com Salmão Defumado

Spaghetti ao Molho de Erva-Doce com Salmão Defumado

 

Ingredientes:

1 embalagem de Spaghetti de Sêmola Pelaggio (500g)

400g de salmão defumado, em tirinhas

1 xícara (chá) de erva doce, em tirinhas

3 dentes de alho, picados

a gosto sal e cebolinha picada

500ml de creme de leite fresco

1 cebola, picada

4 colheres (sopa) de azeite

Modo de preparo:

Comece preparando o molho de erva doce com salmão defumado.

Numa panela média, aqueça o azeite, refogue o alho e a cebola.

Junte o erva doce, o creme de leite, o salmão defumado.

Acerte o sal, deixe cozinhar por 10 minutos e reserve.

Numa panela grande ferva 5 litros de água com sal e cozinhe a massa. Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando, até que a água volte a ferver.

Deixe cozinhar de acordo com o tempo indicado na embalagem ou até que fique “al dente”, ou seja, macia, porém resistente à mordida.

Escorra a massa, acomode num refratário grande, acrescente o molho de erva doce com salmão defumado e envolva bem com a ajuda de dois garfos grandes. Salpique a cebolinha e sirva a seguir.

Rendimento: 6 porções

Calorias: 760 kcal

Fonte:Press à Porter Gestão de Imagem

Gastronomia