Estilo

Especialistas dão dicas para escolher a cama certa

Atualizado em: 18/04/2014

cama1

Se você vai comprar uma cama e está em dúvida entre a do tipo box ou a convencional, saiba que tudo depende de seu gosto pessoal e também do espaço no seu quarto.
O arquiteto Augdan de Oliveira Leite diz que é mais adepto da cama fixa. No entanto, reconhece que hoje, com diminuição do espaço nos imóveis, a cama box , que pode ser com ou sem baú, é uma boa opção. “A principal vantagem é mesmo a economia de espaço, pois não tem encosto. Pode-se usar um painel na parede, estofado ou não, de tecido ou de couro”, diz.
Para Augdan, a cama fixa é mais segura e aconchegante, além de oferecer mais conforto visual. “Acho mais elegante e pode ter estrutura de ferro, de madeira ou estilo provençal, feita de palhinha, com flores esculpidas”, comenta. No campo, pode-se optar por uma cama com dossel, que protege dos mosquitos, além de ter um charme especial.

cama2
Mas o arquiteto lembra que a cama tradicional completa, com cabeceira e peseira, ocupa, em média, 2,20 metros. “Dependendo do espaço, fica apertado em um quarto padrão. O ideal é ter 3 metros de largura”, alerta.

Para facilitar a limpeza embaixo da cama box, o ideal é que tenha pés. Essas camas podem ser usadas com colchões de espuma ou mola desde que sejam comprados no tamanho exato, ou o resultado estético será prejudicado. Existem modelos com baú ou gaveteiro, que podem ajudar a economizar ainda mais espaço.

cama3
Na opinião da arquiteta Thais Lacialamella, as camas box têm sido as queridinhas para os dormitórios pois, além de serem confortáveis e práticas, dão liberdade na escolha da cabeceira, tão necessária, seja por estética – já que enfeitam aquele vazio sobre a cama – quanto por conforto e limpeza, pois podem ser encostos confortáveis ou simplesmente evitar que sujemos as paredes com o uso no dia-a-dia.
Normalmente, as cabeceiras confeccionadas em madeira são presas diretamente na parede e podem receber sistema de fixação para camas do tipo box. As cabeceiras sob medida permitem um acabamento melhor na decoração do quarto, com a incorporação de papel de parede acima delas.

cama4
“Podemos utilizar nossa criatividade para a escolha da cabeceira, que pode ser feita com varão de cortina, em capitonê, em madeira ou MDF, em palha, em bambu, em drywall, em tecido, em ferro, com adesivo, estofada, em papel de parede, ou mesmo utilizando biombos, portas e janelas em desuso, dependendo apenas da sua intenção de uso”, enumera Thais.

“Se o propósito é oferecer aconchego, conforto, ou mesmo ‘aquecer’ o ambiente, podemos escolher as cabeceiras em capitonê, em tecido, estofadas ou usar almofadas penduradas em um varão, fica incrível!”, orienta Thais. Segundo ela, essas opções são mais apropriadas às camas de casal, pois mantêm um melhor equilíbrio visual entre altura e largura, que podem variar.

cama5
Augdan lembra que também é importante pensar na posição que o móvel deve ocupar no quarto. “A cama precisa ser a primeira coisa a ser vista para causar um impacto bom, principalmente quando é bem arrumada. Opte por ter quatro travesseiros e rolos. Pode dar mais trabalho na hora de arrumar, mas vale a pena pelo conforto que oferece”, finaliza.

Fonte:Revista.Zap

Estilo