Diane von Furstenberg: “Paguei todas as minhas contas com um único vestido”

Claudia Leitte veste look estimado em mais de R$ 2 milhões para abertura da Copa 2014
13 de junho de 2014
Drops de Carinho: pequenas histórias para inspirar a fazer o bem
14 de junho de 2014

Diane von Furstenberg: “Paguei todas as minhas contas com um único vestido”

estilista1

O wrap dress (no Brasil, “vestido-envelope”) de Diane von Furstenberg, 68ª mulher mais poderosa do mundo em 2014, começou como uma proposta simples: feito de jérsei, amarrado na cintura, foi feito para realçar a forma feminina e não amassar dentro de uma mala.

Quarenta anos depois, o vestido tornou-se uma peça básica no guarda-roupa das mulheres ao redor do mundo e um ícone do feminismo – sem contar uma mina de ouro para a estilista, filantropista e eleita uma das mulheres mais poderosas pela Forbes.

Von Furstenberg explica que a peça é fruto de seu tempo, influenciada pelo movimento feminista. “Era uma época de feminismo e liberação, e isto de alguma forma ficou preso ao vestido, que é tanto formal quanto sexy. Eu fui apenas a condutora da criação.”

Neste inverno, a estilista comemorou o aniversário de 40 anos do wrap dress com uma exposição no Museu de Arte de Los Angeles. Entre os artigos expostos, está a propaganda original do vestido, onde DVF posa vestindo-o ao lado da frase: “Sinta-se feminina, use um vestido.” – dizeres apropriados para ilustrar suas décadas subindo bainhas.

“Eu não imaginava que este vestido pagaria todas as minhas contas, e que estaria presente em tantas mulheres com muitas histórias e boas lembranças sobre ele”, diz von Furstenberg.

A designer sempre se declarou feminista, e acredita que parte disto é influencia de sua mãe, que sobreviveu ao Holocausto. DVF, que nasceu um ano após o fim da guerra, relata que a família sempre disse que seu nascimento foi um “milagre” devido às circunstâncias.

“Minha mãe sempre repetiu isto e eu me sentia assim”, conta. “Ela sempre me disse que o medo não era uma opção. Sempre me falaram que as mulheres eram fortes – e eu acreditei.”

Fonte:MSN

Cristiani Meller
Cristiani Meller, Analista Financeira e Gerente Comercial do Portal Mulher de Fato.

Os comentários estão encerrados.