Empreendedorismo

Número de mulheres à frente de negócios cresce no país

Atualizado em: 09/03/2017

office-620823_1920

Lavamento aponta que em 13 anos o número de mulheres no comando de empresas cresceu 34%

 

O número de mulheres à frente de negócios apresentou expansão de 34% (passando de 5,9 para 7,9 milhões de pessoas) entre 2001 e 2014, no Brasil. Os dados fazem parte do levantamento “Os Donos de Negócio no Brasil: análise por sexo”, divulgado pelo Sebrae Nacional. Neste período de 13 anos, a quantidade de homens com negócios aumentou 16%, passando de 14,6 milhões para 17 milhões de pessoas. Apesar dos homens estarem no comando de 68% das empresas, entre 2001 e 2014, o número de mulheres com o próprio negócio, seja como empresária ou como conta própria, mais que dobrou em relação aos homens.

 

De acordo com a pesquisa, que reúne dados do IBGE, das 7.901.854 mulheres à frente de negócios no país, em 2014, 87% (6.875.874) eram por Conta Própria, ou seja, trabalham explorando o seu próprio empreendimento, sozinha ou com sócio, sem ter empregado e contando, ou não, com a ajuda de trabalhador não remunerado. Já 13% (1.025.980) são empregadoras, que trabalham explorando o seu próprio empreendimento com, pelo menos, um empregado assalariado.

 

A força do empreendedorismo feminino também é destaque na Paraíba. Dados da Receita Federal revelam que dos 92.682 mil microempreendedores individuais (MEI) do Estado, 42.122 são mulheres, equivalente a 45,4%. Elas atuam em atividades como cabeleireiros, tratamento de beleza, serviços domésticos, confecção de peças do vestuário, fabricação de bijuterias e artefatos, entre outras, além de atividades consideradas masculinas, como serviço de táxi, manutenção e reparação mecânica de veículos automotores, obras de alvenaria e instalação e manutenção elétrica.

 

Em 2016, mais de 10 mil mulheres buscaram orientação e capacitação nas onze agências do Sebrae na Paraíba. “É crescente a participação das mulheres no universo dos pequenos negócios. As empreendedoras paraibanas estão se destacado nacionalmente e contribuindo para o desenvolvimento social e econômico de nosso Estado”, destacou a gerente da Unidade de Educação Empreendedora do Sebrae Paraíba, Humara Medeiros.

 

Prêmio Sebrae Mulher de Negócios – Para reconhecer as mulheres empreendedoras, o Sebrae promove anualmente o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. A premiação valoriza as trajetórias de vida de mulheres paraibanas que, com visão e perseverança, transformaram o sonho de ter seu próprio negócio. São histórias de sucesso que transformaram a vida de muitas mulheres e, em alguns casos de sua comunidade.

 

Nesta edição, as inscrições estão abertas até 31 de março. Podem participar proprietárias de micro e pequenas empresas, produtoras rurais e microempreendedoras individuais. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.mulherdenegocios.sebrae.com.brou em uma das onze agências do Sebrae no Estado: João Pessoa (bairro dos Estados e Mangabeira), Campina Grande, Guarabira, Araruna, Monteiro, Pombal, Patos, Sousa, Cajazeiras, Itaporanga.

 

As interessadas em participar precisam preencher uma ficha de inscrição, acompanhada de um relato escrito da sua trajetória como empreendedora e de uma autoavaliação do negócio. O prêmio é dividido em três categorias: pequenos negócios (micro e pequenas empresárias que faturam até R$3,6 milhões por ano); produtoras rurais (atividades agrícolas, pecuárias e pesqueiras); microempreendedoras individuais (faturamento anual de até R$60 mil). Além disso, a premiação é composta de duas etapas: estadual e nacional. As primeiras colocadas estaduais de cada categoria representam seu Estado nacionalmente.

 

Encontro Liderança Feminina – Nesta quarta-feira (8), será promovido o 1° Encontro Liderança Feminina no auditório do Sebrae Paraíba, em João Pessoa. O evento destina-se a troca de informações, conhecimento, debates e celebra os 39 anos de fundação ABRH – Seccional Paraíba e o Dia Internacional da Mulher. O evento, que tem a parceria do Sebrae, conta com debates sobre o que há de mais inovador no contexto da ONU Mulheres e do Movimento He For She (www.heforshe.org/pt). Haverá também a participação das empresárias Carla Aprígio e Cristina Heim, do administrador de empresas, Ricardo Mota, e do especialista em Direito nas áreas médica e de saúde, Rodrigo Araújo. Juntos, eles dialogam sobre o papel de liderança da mulher nas organizações e na sociedade.

 

Fonte: SEBRAE PB

Empreendedorismo