Dinheiro e Finanças

9 conselhos de mãe para a vida financeira

Atualizado em: 07/05/2015

conselho_maes-625x340

Conselho de mãe vale ouro, ninguém pode negar. Quantas vezes já passamos por sufocos e nos pegamos pensando depois: “eu devia ter dado ouvidos à minha mãe”. Pode ser para alertar quanto a uma amizade ruim, aconselhar a não tomar uma decisão precipitada ou mesmo dar alguns pitacos a respeito do relacionamento amoroso.

Quando o assunto é dinheiro, a história não poderia ser diferente. Para comemorar o Dia das Mães – que acontece neste domingo, relembramos alguns conselhos que elas costumam dar para que não entremos em enrascadas financeiras.

1) “Enquanto há dinheiro, há amigos”

Quando as amizades interesseiras aparecem, os instintos maternos parecem ficar em alerta de imediato. Mãe sempre sente quando tem aquela amizade que força a barra para parecer ter muita proximidade nos momentos de farra e alegria, mas que some ao primeiro sinal de dificuldade. Se a sua mãe já alertou para alguma companhia assim, fique atenta aos conselhos dela!

amizade-falsa

2) “Dinheiro: assim como veio, vai”

Esse é o conselho perfeito para aquelas pessoas que se deslumbram com o que o dinheiro pode fazer e não dão o devido valor ao controle do orçamento, de pensar a longo prazo e investir e gastam sem pensar duas vezes. Quando o dinheiro chega com muita facilidade, muita gente tende a não valoriza-lo, por isso a fartura acaba rapidamente. Dê ouvidos à sua mãe quando ela te disser para controlar os gastos.

dinheiro-vai-embora

3) “O dinheiro voa”

Sabe quando você recebe um aumento salarial, aumenta suas despesas do dia para a noite e sua mãe vem logo lhe puxar a orelha? Ela está coberta de razão! É muito fácil reajustarmos nosso padrão de vida quando as mudanças são para expandir os gastos, o grande problema é que você pode ficar de bolsos vazios novamente, mesmo com um salário melhor. Tenha cautela ao mudar seus padrões de consumo e lembre-se sempre de fazer reservas para o futuro.

dinheiro-voa

4) “O dinheiro é um meio, não um fim”

Essa frase tem muito a ver com aquele conselho que as mães dão quanto a dinheiro e felicidade. O que você ganha deve servir como forma de atender suas necessidades, mas não como o principal objetivo. Abandonar uma carreira que lhe traz felicidade para focar em um concurso que só lhe trará segurança financeira é abrir mão de sua satisfação pessoal e de encarar o dinheiro como um fim.

dinheiro-meio-nao-fim

5) “Dinheiro compra pão, não compra gratidão”

Conselho importante para quem precisa colocar os pés no chão a respeito do que o dinheiro realmente compra. Muita gente pode cair na ilusão de ter o que quiser por ter dinheiro no bolso. A verdade é que seus ganhos podem lhe dar prestígio e garantir bens materiais, mas relações verdadeiras não são firmadas com auxílio de dinheiro. Fique atenta a seus valores e imponha-se limites na hora de lidar com sua grana.

gratidao

6) “Mais vale a saúde que o dinheiro”

O conselho remete à música “Ironic”, da cantora Alanis Morissette, em que ela menciona uma pessoa que ganha o prêmio da loteria, mas morre no dia seguinte. Se você é o do tipo workaholic, lembre-se de quantas vezes sua mãe falou para diminuir o ritmo, para alimentar-se melhor, dormir mais cedo e  manter seus exames médicos em dia. Leve a sério os conselhos dela e cuide de sua saúde, antes que seja necessário aprender o valor deste conselho da pior forma.

dinheiro-saude

7) “Dinheiro suado é dinheiro abençoado”

Ao contrário do que pode acontecer quando o dinheiro entra com muita facilidade, quando ele chega na carteira só depois de muito esforço e sacrifício, nós tendemos a encara-lo com mais seriedade e com bom senso na hora de gastar. É por esse motivo que as mães costumam incentivar os filhos a trabalharem o quanto antes, para que possam dar valor ao que recebem.

dinheiro-suado-abencoado

8) “Dinheiro emprestado: parte rindo e volta chorando”

Uma pessoa amiga se aproxima precisando de uma força, de uma graninha emprestada. Na maior boa vontade, você empresta e espera que tudo fique bem. Só que chega um momento em que você precisa deste dinheiro de volta e nada de receber. No dito popular, só retorna à base de “choro”.

dinheiro-emprestado

9) “Dinheiro parado não dá juros”

As mães que cuidam bem do próprio dinheiro certamente dão este conselho aos filhos. De nada adianta deixar sua reserva financeira parada, “escondida embaixo do colchão”. Deixar o dinheiro somente na conta corrente significa ve-lo sumir em um piscar de olhos. Ainda que você não o gaste, se você não deixa que ele rende, a inflação vai comendo seu poder de compra, ou seja, seu dinheiro vai perdendo o valor.

perder-dinheiro

Fonte: Da Redação com Finanças Femininas

Dinheiro e Finanças