Cotidiano

Videogame e computador comprometem a visão das crianças

Atualizado em: 26/06/2015

crianca-oculos-computador

O compartilhamento de equipamentos eletrônicos com os pais é uma causa frequente do olho preguiçoso. Isso acontece devido ao ajuste da tela para adultos que leva à criança inclinar a cabeça para poder enxergar. Além disso, a má postura faz com que cada olho receba uma diferente quantidade de estímulo. Para evitar problemas visuais, é preciso posicionar o monitor de 10º a 20º abaixo do nível dos olhos e manter uma distância de 60 cm da tela do computador. Para a criança, a distância equivale ao braço esticado.

Evite o excesso de luminosidade do computador ou tablets, pois as pupilas se contraem e geram cansaço visual. E não se esqueça de piscar voluntariamente quando estiver usando o aparelho, pois o movimento das pálpebras ajuda na produção de lágrimas evitando, assim, o ressecamento do globo ocular.

Devido a estudos prolongados, a pessoa gasta mais tempo em frente à tela do computador. Em casos como esse, recomenda-se que, a cada hora, os adultos descansem de 5 a 10 minutos, e as crianças, de 15 a 30 minutos. Esse procedimento ajuda a visão a receber outros estímulos e evita que ela fique embaçada.

Como nossos olhos se desenvolvem até aos oito anos, é preciso receber estímulos visuais neste período. Isso acontece, pois 4% da população desenvolve um grau maior em um globo ocular comparado ao outro. Com a correção (uso de óculos, por exemplo), a pessoa evita de ter um olho preguiçoso.

A primeira consulta com um oftalmologista deve ser feita entre três a quatro anos, idade em que a criança inicia o processo de alfabetização. O especialista recomenda a ida ao consultório a cada três anos até aos 15 anos, mas ele ressalta que o número de visitas ao médico pode variar por pessoa.

O uso constante de computadores e tablets não provoca o surgimento de doenças, mas causa desconforto, visão turva, embaçada, dores de cabeça e baixa produtividade.

O oftalmologista avisa que a criança pode começar a interagir com videogames ou computadores a partir dos quatro anos, mas sempre levando em conta os cuidados para evitar o uso exagerado.

R7 (© Vika12345 | Dreamstime Stock Photos & Imagens de Stock Gr)

Cotidiano