Cotidiano

Síndrome do ninho vazio

Atualizado em: 08/02/2014

OntheNest1

É uma fase transitória com a qual muitos pais não conseguem lidar: acostumados a ver os filhos no mesmo quarto, à volta das mesmas quatro paredes durante anos e anos, eles ficam “numa espécie de zona cinzenta entre o que fazer com aquele quarto” quando ele, de repente, fica vazio. Quem o diz é Dona Schwartz, uma fotógrafa que se dedicou a retratar estes pais entre 2006 e 2011.

Durante esse tempo, Schwartz percorreu os estados de Minnesota e Illinois em busca de pais com o ‘ninho’ vazio. Na série On the Nest (precisamente, No Ninho) entram pais cujos filhos tinham saído de casa dois meses antes do retrato, sete meses, dez meses ou mesmo cinco anos. O que Schwartz confirmou é que, ao contrário de toda a preparação que é feita pra chegada de um bebê, os pais não preparam a saída.

Em algumas das casas, as pessoas não precisam do espaço do quarto e, por isso, simplesmente o deixam fechado e intacto. Em outras, onde o espaço faz falta, há um dilema entre aproveitá-lo ou deixá-lo guardando memórias. Já a resposta emocional de cada pai é muito variada – desde os pais que sentem algum alívio e liberdade, aos que sofrem com a partida. Mas uma coisa a fotógrafa quer desmistificar: nem sempre são as mães que mais sofrem.

Veja as fotos:

OntheNest3 OntheNest4 OntheNest6OntheNest7

Em 2011, quando terminou o projeto, a própria Dona Schwartz passou a viver apenas com o marido. Diz que foi um misto de tristeza e celebração, pela conclusão do projeto. A última foto de On the Nest (série completa aqui) é dela e do marido, abaixo:

OntheNest9

Fonte: Hypeness

Cotidiano